Como encontrar o melhor seguro para o meu veículo?

21 de outubro de 2014

Gol Ralie Emotion 2015 (20)Na hora de comprar um carro, é preciso ter em mente os gastos que um novo veículo vai demandar. Fazendo os cálculos, muitos consumidores acabam deixando de comprar o veículo dos sonhos por causa de um gasto futuro: seguro auto. Confira algumas dicas de como lidar com isso e como não perder a chance de comprar o carro que quiser por causa deste “mal necessário”.

Para começar, pesquise. Tente descobrir entre várias seguradoras qual tem os melhores preços e benefícios – maior indenização, o prêmio mais barato e os melhores serviços. Se você dirige com cuidado, pode também tentar negociar com o corretor o valor da franquia. Aumentando essa taxa, você assume maior parcela de culpa em caso de acidentes, mas acaba pagando menos pelo seguro.

Tome cuidado com os mimos, os serviços que vão além do seguro do veículo – conserto de eletrodomésticos, serviços de eletricista, encanador e chaveiro etc. É preciso calcular se você vai ou não usá-los antes de assinar o contrato.

Além disso, conheça os riscos a que você expõe o carro: o bairro onde mora, o fato de o veículo ter peças caras e, por isso, não ser muito visado por ladrões, quantos dos seus carros já são segurados, etc. Em certos casos, apenas um seguro contra danos a terceiros pode ser suficiente.

Outra dica boa e que poucas pessoas conhecem é: instale um rastreador. Isso diminui o risco de que o carro desapareça e, então, o preço cai. Se a seguradora não oferecer, instale você mesmo e negocie.

Ainda sobre o preço, fique atento, seguros que ultrapassam 9% do valor do veículo podem ser considerados muito caros. Escolha algum que varie entre 3% e 4%, considerado “excelente”, ou de 4% até 6%, considerado um preço bom. Como o valor do seguro também depende do modelo do automóvel, da raridade das peças e do índice de roubos, por exemplo, alguns podem chegar a 50%. Nesse caso, volte à primeira dica e pesquise muito, até encontrar o melhor serviço.

Fotos: Camila Gurgel.