Nico Rosberg vence o Grande Prêmio do Brasil

9 de novembro de 2014

Nico RosbergPor Robério Lessa – A vitória no Grande Prêmio do Brasil de Fórmula Um, disputado na tarde deste domingo (09), no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos-SP) ficou com o piloto Nico Rosberg, com Lewis Hamilton, em segundo, e Felipe Massa completando o pódio em terceiro.

Na quarta colocação chegou o Jenson Button; Sebastrian Vettel, foi o quinto; Fernando Alonso, o sexto; Kimi Raikkonen, o sétimo; Nico Hulkenberg, o oitavo; Kevin Magnussen, o nono; e Valtteri Bottas, o décimo.

Esta foi a 11ª dobradinha da Mercedes na temporada da Fórmula Um em 2015, superando o recorde da McLaren no ano de 1988 com a dupla Ayrton Senna e Alain Prost, que conquistaram 10 dobradinhas (primeiro e segundo lugares). Esta foi a quinta vitória de Nico Rosberg no ano.

Nico RosbergMesmo com o segundo lugar, Lewis Hamilton  mantém a liderança do Mundial de Pilotos com 334 pontos, seguido por Rosberg  com 317. Daniel Ricciardo soma 214 e já pode comemorar a terceira posição, já que Sebastian Vettel, o quarto  soma 159 pontos, e mesmo com uma vitória não supera seu colega de Red Bull. Fernando Alonso  é o quinto com 157 pontos; Valtteri  Bottas, o sexto com 156 pontos; Jenson Button, o sétimo com 106 pontos; e Felipe  Massa, o oitavo com 98 pontos.

Com o resultado de hoje a Mercedes amplia sua liderança no Campeonato de Construtores somando 651 pontos contra 373 da Red Bull, a segunda colocada.

A Corrida – Na largada Hamilton foi mais rápido e tomou, facilmente, a ponta de Rosberg na primeira curva, no entanto, o alemão deu o troco em seguida e recuperou o primeiro posto completando a primeira volta com uma 0.88s.

Grid GP Brasil 2014Atrás das Mercedes o brasileiro Felipe Massa permaneceu na terceira colocação, seguido por seu companheiro na Williams, o finlandês Valtteri Bottas, em quarto, e Jenson Button completando os cinco primeiros.

Na sexta volta Felipe Massa foi chamado para os boxes para a sua primeira troca de pneus, alternando os macios para os médios. Na sequência vários pilotos fizeram o mesmo, sendo Rosberg o primeiro da Mercedes a trocar os compostos.

Apesar da boa estratégia de levar Felipe Massa o mais cedo possível para sua primeira troca de pneus, o piloto foi punido com cinco segundos de punição por exceder o limite de velocidade nos boxes.

Após as primeiras trocas Rosberg retomou a liderança, seguido por Hamilton e Massa em terceiro, fazendo uma boa corrida para grande vibração do público que aplaudia suas ultrapassagens, como a que fizera sobre a Toro Rosso do piloto russo Daniil Kvyat.

Lewis Hamilton 3Na 18ª volta os pilotos da Mercedes reclamavam de seus carros. Os dois relataram instabilidade provocada pelo aquecimento dos pneus. No carro de Hamilton era possível perceber a formação de bolhas no pneu dianteiro direito.

Com 21 voltas completadas, o piloto Romain Grosjean se mantinha na pista na sexta posição sem ter trocado os pneus de sua Lotus número oito, que largou com pneus médios (a Pirelli levou os compostos médios e macios para Interlagos).

Felipe Massa entrou na volta 26 para fazer sua segunda troca e pagar a penalização de cinco segundos e voltar na 13ª posição na frente de Pastor Maldonado que também foi punido por excesso de velocidade nos boxes. Na volta seguinte foi a vez de Nico Rosberg parar para troca. Lewis Hamilton permaneceu na pista por mais tempo e, após uma rodada entrou nos boxes na volta 29, retornando na segunda posição.

F1 Grand Prix of Brazil - PracticeCom 39 voltas completadas Daniil Kvyat foi para a sua segunda troca após resistir a pressão de Jenson Button que lutava para ocupar a sexta posição.

Após a primeira metade da prova, o piloto australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, decidiu abandonar a corrida por conta de problemas nos freios. A essa altura as Mercedes andavam na casa de 1m14s e mantinham as duas primeiras posições, com Felipe Massa consolidando o terceiro posto, atrás 21 segundos de Hamilton.

Na volta 51 Nico Rosberg e Felipe Massa param para a terceira troca de pneus. Massa perdeu tempo após errar a posição da equipe Williams. Na volta seguinte (52) foi a vez de Hamilton trocar os pneus. Os três mantiveram os compostos médios.

Aproveitando os pneus novos, Hamilton tratou de diminuir a vantagem que o separava de Rosberg. O pega entre os dois pilotos do time campeão de construtores deste ano fez o público levantar diante da disputa. Respondendo o ataque de Hamilton, Rosberg tratou de acelerar mais e baixa o tempo da melhor volta para 1m13.937s.GP Brasil de F1 - Felipe Massa - Foto_Beto-Issa

Na volta 51 Massa recuperou o terceiro posto após a terceira troca, também bastante ovacionado pelos expectadores.

Na briga das duas Mercedes, a 44 do britânico era mais rápida no primeiro e terceiro setores do traçado, enquanto a de número seis, do germânico, ficava com a melhor marca do segundo setor.

Se as Mercedes travavam seu duelo partículas, o alemão Nico Hulkenberg, da Force India, conseguia diminuir a diferença que o separava de Felipe Massa, mas teve de trocar os pneus e abandonar a disputa enquanto Kimi Raikkonen, Jenson Button, e Sebastian Vettel brigavam pelo quarto lugar.

Na volta 66 Romain Grosjean teve de abandonar a prova com problemas no motor Renault da Lotus número oito.

Raikkonen, que perdeu a briga com Button e Vettel, teve de enfrentar seu companheiro de Ferrari, o espanhol Fernando Alonso na luta pelo sexto lugar. Após três voltas de duelo, Alonso consegue superar Kimi, que dificultou bastante o objetivo do colega ferrarista.

Nico Rosberg 02Rosberg consegue segurar o ataque de Hamilton e conquista a vitória em solo brasileiro, seguido por Hamilton e Felipe Massa em terceiro.

A próxima etapa do Mundial de Fórmula Um acontece dia 23 de novembro, em Abu Dhabi, numa corrida em que os pontos valem o dobro, com a vitória, no lugar de 25 pontos, valendo 50. Assim, para ser campeão Rosberg tem de vencer e esperar que Hamilton não chegue em segundo, caso o britânico suba no segundo degrau do pódio ele fica com o título.

Confira a classificação final do GP do Brasil:

Classificação

1 Nico Rosberg Mercedes 1:30.02.555
2 Lewis Hamilton Mercedes +1.400
3 Felipe Massa Williams +40.9
4 Jenson Button McLaren +48.5
5 Sebastian Vettel Red Bull +51.2
6 Fernando Alonso Ferrari +61.6
7 Kimi Raikkonen Ferrari +63.4
8 Nico Hulkenberg Force India +63.6
9 Kevin Magnussen McLaren +69.7
10 Valtteri Bottas Williams +1 volta
11 Daniil Kvyat Toro Rosso +1 volta
12 Pastor Maldonado Lotus +1 volta
13 Jean-Eric Vergne Toro Rosso +1 volta
14 Esteban Gutierrez Sauber +1 volta
15 Sergio Perez Force India +1 volta
16 Adrian Sutil Sauber +1 volta
Abandonos
Romain Grosjean Lotus
Daniel Ricciardo Red Bull

Confira a classificação do Mundial de Pilotos
1    Lewis Hamilton    334
2    Nico Rosberg    317
3    Daniel Ricciardo    214
4    Sebastian Vettel    159
5    Fernando Alonso    157
6    Valtteri Bottas    156
7    Jenson Button    106
8    Felipe Massa    98
9    Nico Hulkenberg    80
10    Kevin Magnussen    55
11    Kimi Raikkonen    53
12    Sergio Perez    47
13    Jean-Eric Vergne    22
14    Romain Grosjean    8
15    Daniil Kvyat    8
16    Pastor Maldonado    2
17    Jules Bianchi    2

Confira a classificação do Mundial de Construtores:
1    Mercedes    651
2    Red Bull/Renault    373
3    Williams/Mercedes    254
4    Ferrari    210
5    McLaren/Mercedes    161
6    Force India/Mercedes    127
7    Toro Rosso/Renault    30
8    Lotus/Renault    10
9    Marussia/Ferrari    2

Texto: Robério Lessa – Foto: Williams Martini Racing- Toro Rosso – Mercedes GP/Divulgação.

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização