Pilotos estrangeiros encaram Ibero Americano no Brasil

10 de novembro de 2014

Camp Brasileiro Enduro FIM - Ibiraci_Rômulo Bottrel (430x640)O Brasil recebe, nos dias 22 e 23 de novembro, um dos maiores eventos de Enduro. Será a primeira vez que o País sediará o Campeonato Ibero Americano de Enduro. As disputas serão realizadas na cidade de Patrocínio, localizada na região do Triângulo Mineiro. A prova ainda será válida pelas últimas etapas do Brasileiro de Enduro FIM e ainda contará pontos para o estadual.

A competição internacional reúne pilotos de toda a América Latina e de países europeus, como Portugal e Espanha. “Nós estamos trabalhando muito para trazer de volta grandes eventos ao Brasil. Aos poucos, estamos colocando novamente o país no cenário do motociclismo Mundial”, ressalta o presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Henrique Alves.

Além dos pilotos estrangeiros que já competem o Brasileiro de Enduro FIM, o português Luis Oliveira e o francês Adrien Metge, outros três pilotos já estão confirmados para o Ibero Americano de Enduro. Os portugueses, Fábio Pereira e Antônio Oliveira, e o finlandês Eeros Remes, que sagrou-se vice-campeão mundial de Enduro FIM este ano. “Estou ansioso para testar o terreno e conhecer os pilotos brasileiros, o Ibero servirá de treino para o mundial. Estou contando os dias “, afirma Eeros.

Mas representantes brasileiros não faltarão na disputa. Dois dos principais nomes que defenderão as cores verde e amarela são: Ronald Santi e Rômulo Bottrel. “A expectativa de participar do Ibero é muito boa, já que venho tendo boas disputas com os pilotos estrangeiros que vieram para o Brasil. Tudo pode acontecer “, destaca Bottrel, que garantiu o título de vice-campeão 2014.

“Vejo essa oportunidade como algo positivo, onde podemos aprender mais com os pilotos estrangeiros, embora acredite que uma real evolução dos pilotos nacionais está ligada ao intercâmbio, ou seja, a oportunidade de pilotos brasileiros correrem fora. Sendo assim, acredito que trazendo competições internacionais, possa repassar a nós um pouco dessa experiência “, afirma Ronald Santi.

De acordo com o diretor de Enduro FIM da CBM e presidente da Federação Mineira de Motociclismo (FMEMG) , Mauricio Paiva Brandão, o evento ainda servirá como uma preparação para a cidade de Patrocínio (MG), que receberá em 2015 uma etapa do Mundial de Enduro.

“Essas competições são reflexo de um trabalho que estamos desenvolvendo para o crescimento do esporte. Conseguimos grandes avanços na modalidade de Enduro FIM nos últimos anos aqui no Brasil e a expectativa é ainda melhor”, declara Brandão.

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.