Guilherme e Natan Sperafico concorrem a mais um Cascavel de Ouro da família

12 de novembro de 2014

Guilherme e Natan Sperafico01Guilherme e Natan Sperafico formam uma das duplas consideradas favoritas à vitória na Cascavel de Ouro. A prova, que premia os vencedores com um troféu em ouro puro, será disputada sábado (15), no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel. A largada será às 14 horas. Serão três horas de prova, colocando frente a frente carros da categoria Marcas da Volkswagen, Ford, Fiat e Renault.

Guilherme e Natan buscam a segunda Cascavel de Ouro da família. Em 1986, Dilso Sperafico, tio deles, venceu a prova com um Hot Fuscas da categoria Divisão 3 Classe A, em uma disputa intensa com Ângelo Giombelli, que competia com um Opala da Divisão 3 Classe C. Nascidos em 1988 e 1990, Guilherme e Natan tem a oportunidade de ampliar a história do clã no automobilismo paranaense. Além de Dilso, também já disputaram a Cascavel de Ouro Milton, Eloi e Fabiano Sperafico. Milton e pai da Guilherme.

Segundo Natan Sperafico, participar da Cascavel de Ouro traz uma sensação diferente porque quanto o tio Dilso venceu sequer ele era nascido. “Vejo o troféu na galeria da família como o mais importante já conquistado por um dos 11 pilotos do clã. Estou empolgado e motivado a buscar mais um”, diz Natan.

Já Guilherme Sperafico destaca que para vencer a regularidade será muito importante. “Serão três horas de prova. Quem tiver boa regularidade e não se envolver em problemas, brigará pela vitória”, frisa Guilherme, acrescentando que irá se divertir muito nesta Cascavel de Ouro.

Campeões a Cascavel de Ouro
1967 – Rodolfo Scherner/Bruno Castilho (Laranjeiras do Sul/Curitiba), Simca
1970 – Sérgio Valente Withers (Curitiba), Volks Divisão 5
1971 – Pedro Muffato (Cascavel), Puma Spartano
1973 – Francisco Lameirão (São Paulo), Avallone
1974 – Pedro Muffato (Cascavel), Avallone
1975 – Pedro Muffato (Cascavel), Avallone
1976 – Nelson Piquet (Brasília), Super Vê
1980 – Marcos da Silva Ramos (Curitiba), Chevette
1982 – Aroldo Bauermann (Porto Alegre), Fórmula 2
1983 – Edgar Favarin (Cascavel), Fusca
1984 – Cláudio Erbano (Curitiba), Passat
1985 – Saul Mário Caus (Cascavel), Opala
1986 – Dilso Sperafico (Toledo), Hot-Fusca
1987 – Aloysio Ludwig Neto (Cascavel), Dodge
1988 – Ruy Chemin (Cascavel), Dodge
1989 – Marcos Corso (Curitiba), Passat
1990 – Edgar Favarin/Clênio Faust (Cascavel/Francisco Beltrão), Passat
1991 – Edgar Favarin/Milton Serralheiro (Cascavel), Hot Fusca
Flávio Trindade/Beto Richa (Curitiba), Força Livre
Jair Bana (Curitiba), Speed
Gilnei Faoro/Dimas Moreira (Cascavel), Hot Dodge
Mauro Luiz Turcatel/André Costi Filho (Cascavel), Maverick
1992 – Constantino Júnior (Brasília), March-Honda Fórmula 3
1993 – Cláudio Girotto/Lourenço Barbatto (São Paulo), Aldee
1994 – Edgar Favarin/David Muffato/Gilson Reikdall (Cascavel/Cascavel/Curitiba), Aldee
1996 – Edgar Favarin/Valmor Emílio Weiss (Cascavel/Curitiba), Gol
1997 – Valmor Emílio Weiss/Antônio Espolador (Curitiba), Gol
2003 – Flávio Poersch/Aloysio Ludwig Neto (Cascavel), Voyage
2004 – David Muffato/Ruy Chemin (Cascavel), Escort
2005 – Edgar Favarin/Flavio Poersch (Cascavel), Escort
2012 – Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio (São Paulo), Mercedes-Benz SLS

Foto: Orlei Silva/Divulgação

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.