Brasil terá cinco competidores no Rally Dakar 2015

19 de novembro de 2014

anuncio14dakar_div_1911201403002151A organização do Rally Dakar divulgou nesta quarta (19), durante coletiva de imprensa em Paris, os nomes dos competidores que participarão da edição 2015 da principal competição off-road do planeta. Cinco brasileiros estão inscritos na disputa que acontece de 1 a 17 de janeiro na Argentina, Bolívia e Chile. Jean Azevedo, da Honda South America Rally Team, é o representante do Brasil nas motos. Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, da Mitsubishi Petrobras, correrão nos carros e André Suguita, nos quadriciclos. Maykel Justo será navegador do piloto português Ricardo Leal, também nos carros.

Aos 40 anos, Jean Azevedo participa pela 17ª vez da competição. Foram 13 nas motos e três nos carros. O paulista de São José dos Campos tem no currículo um quinto lugar na classificação geral das motos do Dakar em 2003, quando a prova era realizada na África. Jean já venceu duas etapas, uma em 2005 e outra em 2007.

Há mais de 20 anos no mundo do rally, o carioca Guilherme Spinelli estreou no Dakar em 2009. De lá para cá, esteve em todas as edições. O melhor resultado na principal prova off-road do mundo foi o nono lugar na classificação geral dos carros em 2011.

Youssef Haddad, engenheiro mecânico e gerente do departamento de competição da Mitsubishi, também é um veterano em Dakar. Já correu ao lado de Jean Azevedo, nos carros, e continua na categoria como navegador de Spinelli.

Natural de Taubaté, Maykel Justo será o navegador do português Ricardo Leal, nos carros. Ele tem grande experiência em provas fora de estrada: já navegou para o piloto André Azevedo na categoria caminhões em oito edições do Dakar, na África, onde conquistou em 2006 um quarto lugar na classificação geral.

André Suguita, 34 anos, é administrador de empresas e atua em um grande banco no mercado financeiro. Ele é o único estreante no Dakar 2015 e o principal objetivo dele é conseguir terminar a prova, fato inédito para um brasileiro na categoria quadriciclo da competição.

A 37ª edição do Dakar, a sétima realizada na América do Sul, traz de volta o formato de laço da prova, isto é, com largada e chegada no mesmo local: Buenos Aires (ARG). Ao todo, são 414 veículos na lista de inscritos, que incluem as categorias motos, quadriciclos, carros e caminhões. Pilotos e navegadores vão enfrentar mais de 9.000 quilômetros em estradas, trilhas e dunas.

Com percursos e dias de descansos diferentes para motos/quadris e carros/caminhões, a competição promete ser ainda mais acirrada. Desta vez, a etapa maratona, quando os participantes não podem ter apoio mecânico das equipes, será estendida para todas as categorias.

anuncio14dakar_gustavoepifanio_19112014004O espanhol Marc Coma participa mais uma vez da prova para defender o título nas motos. Entre os fortes adversários estão os pilotos da Team HRC Joan Barreda, Helder Rodrigues e Paulo Gonçalves, além dos pilotos da Yamaha Olivier Pain, terceiro na edição 2014, e Juan Pedrero.

Nos carros, a estreia da Peugeot com o 2008 DKR tem uma equipe de peso com Stéphane Peterhansel, Cyril Despres e Carlos Sainz, que juntos somam 17 títulos do Dakar. Para enfrentar esse trio, a Mini traz também pilotos experientes como o atual campeão Nani Roma, Nasser Al-Attiyah, Krzysztof Holowczyc, Orlando Terranova e Guerlain Chicherit. Pela Toyota, o representante é o sul-africano Giniel De Villiers.

Ignacio Casale, que ganhou o primeiro título do Dakar para o Chile em 2014, terá que superar novamente Rafal Sonik, Sergio Lafuente, entre outros.

Nos caminhões, Gerard de Rooy vai para a revanche em 2015, já que perdeu por um triz a prova deste ano para Karginov (Kamaz). Quem também entra nesta disputa é Ales Loprais.

Programação Dakar 2015
01 a 03/01 – Verificações técnicas e administrativas – Buenos Aires (ARG)
03/01 – Largada promocional – Buenos Aires (ARG)
04/01 – 1ª etapa – Buenos Aires (ARG) – Villa Carlos Paz (ARG)
05/01 – 2ª etapa – Villa Carlos Paz (ARG) – San Juan (ARG)
06/01 – 3ª etapa – San Juan (ARG) – Chilecito (ARG)
07/01 – 4ª etapa – Chilecito (ARG) – Copiapó (CHI)
08/01 – 5ª etapa – Copiapó (CHI) – Antofagasta (CHI)
09/01 – 6ª etapa – Antofagasta (CHI) – Iquique (CHI)
10/01 – Dia de descanso para motos/quadris
7ª etapa – Iquique (CHI) – Uyuni (BOL) para carros
7ª etapa – Iquique (CHI) – Acampamento maratona para caminhões
11/01 – 7ª etapa – Iquique (CHI) – Uyuni (BOL) para motos/quadris
8ª etapa – Uyuni (BOL) – Iquique (CHI) para carros
8ª etapa – Acampamento Maratona – Iquique (CHI) para caminhões
12/01 – 8ª etapa – Uyuni (BOL) – Iquique (CHI) para motos/quadris
Dia de descanso para carros/caminhões
13/01 – 9ª etapa – Iquique (CHI) – Calama (CHI)
14/01 – 10ª etapa – Calama (CHI) – Salta (ARG)
15/01 – 11ª etapa – Salta (ARG) – Termas de Rio Hondo (ARG)
16/01 – 12ª etapa – Termas de Rio Hondo (ARG) – Rosário (ARG)
17/01 – 13ª etapa – Rosario (ARG) – Buenos Aires (ARG)

Fotos: VIPCOMM

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.