Lucas di Grassi quer manter liderança da Fórmula E

19 de novembro de 2014

FIA Formula E -  Podium Beijing E-Prix, China Saturday 13 September 2014. Lucas di Grassi (BRA)/Audi Abt Sport - Spark-Renault SRT_01E  Photo: Sam Bloxham/LAT/ Formula E ref: Digital Image _SBL6290Lucas di Grassi já escreveu seu nome na história do automobilismo ao vencer a primeira etapa da Fórmula E, categoria já conhecida pelo ineditismo de colocar, em circuitos de rua, velozes monopostos movidos a eletricidade e que vão de zero a 100 km/h em 2,5 segundos. Com o intervalo de mais de um mês entre a etapa inaugural, em Pequim, e a prova deste fim de semana em Putrajaya, na Malásia, o brasileiro da equipe Audi ABT busca usar a experiência adquirida para manter a liderança do campeonato.

Di Grassi, com a vitória, soma 25 pontos diante de 18 do francês Franck Montagny e 15 do britânico Sam Bird. “Depois de um começo como o da China, com a vitória, foi até difícil esperar tanto tempo para entrar no carro da Fórmula E novamente. O bom é que neste intervalo eu estive completamente concentrado no FIA WEC e disputamos três etapas. Pelo menos agora estou chegando ao final da maratona!”, disse Lucas.

x-defaultO brasileiro encara no mês de novembro uma verdadeira maratona. Com a Audi, disptou as Seis Horas de Xangai no dia dois; e as Seis Horas do Barein no último fim de semana; disputa agora a segunda etapa da Fórmula E na Malásia e no dia 30 volta ao cockpit do Audi R18 e-tron quattro para as Seis Horas de São Paulo no autódromo de Interlagos.

Só de avião, nos deslocamentos, foram mais de 90 horas de voo. E ele ainda arrumou um tempo para disputar uma prova de triatlo com distância equivalente a meio IronMan. “Já estava no clima de maratona, então disputei um triatlo em Dubai com equipamento emprestado, e deu tudo certo”, disse. Lucas disputou o Dubai International Triathlon. O percurso tinha 1,9 quilômetro da prova de natação, 21,1 de corrida e 90 pedalando. Ele completou a prova em 5h37min, tendo ingerido sete litros de líquidos durante a prova, queimando 4.836 Kcal e eliminando no total 2,7 quilos

FIA Formula E -  Race Beijing E-Prix, China Saturday 13 September 2014. Photo: Glenn Dunbar/LAT/ Formula E ref: Digital Image _W2Q2046O circuito urbano de Putrajaya tem 2,5 quilômetros de extensão e 12 curvas, girando no sentido horário. “Comparado com o traçado de Pequim, é um pouco mais curto, e parece ser mais exigente. O grande barato é que todos os circuitos são novos para todos os pilotos, então o segredo é se adaptar o mais rápido possível”, afirmou.

“Claro que, como piloto, o objetivo é vencer sempre, mas a Fórmula E é imprevisível. Todos dispõem do mesmo material em mãos, a diferença nos tempos de volta é mínima e em pistas novas cada piloto reage de uma maneira e coloca suas características de maneira distinta e em pontos distintos do traçado. Nosso objetivo é o de sempre: vencer. E se não for possível, então vamos para um pódio ou somar pontos valiosos”, resumiu o primeiro vencedor da história de uma competição de carros elétricos sancionada pela FIA.

Concentração é o ingrediente principal, de acordo com o piloto da Audi ABT. “A vitória em Pequim é uma bela lembrança – não mais que isso. Por isso que agora estamos nos preparando com a mesma concentração e vamos buscar outro fim de semana impecável com o time”, concluiu.

O segundo e-Prix da temporada da Fórmula E acontece neste sábado (22), com transmissão ao vivo pelo canal Fox Sports. Treinos livres, classificação e corrida acontecem no mesmo dia. A largada acontece às quatro horas da madrugada de sexta (21) para sábado (22).

Foto: Formula E/Divulgação.

Texto: Cleber Bernucci/Divulgação.

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.