Gaúchos disputam etapa do Moto 1000 GP

21 de novembro de 2014

O GP Petrobras, sétima e penúltima etapa da temporada do Moto 1000 GP, terá nesta sexta (21) a abertura de sua programação de treinos livres no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul (RS). Reservando para o domingo (23) as corridas das quatro categorias em disputa e com possibilidade de definição dos primeiros títulos do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o evento no circuito gaúcho terá participação de pelo menos 89 pilotos.

Um dos destaques do GP Petrobras fica por conta da participação dos pilotos do Rio Grande do Sul – serão nada menos que 28, quase um terço total das inscrições confirmadas até a tarde desta quinta-feira (20). A GP 1000, série principal do Campeonato Brasileiro, terá um gaúcho entre os 16 integrantes. É Robson Portaluppi, representante da cidade de Bento Gonçalves, volta a atuar na competição com equipe própria, a Portaluppi Racing Team.

Na GP 600, serão dois os representantes gaúchos. Um deles é Pedro Sampaio, também de Bento Gonçalves, que integra a disputa direta pelo título. Integrante da equipe Fábio Loko, ele subiu ao pódio em cindo corridas e ocupa a vice-liderança do campeonato, liderado pelo uruguaio Maximiliano Gerardo, da MGBikes Yamaha. O outro gaúcho no grid da GP 600 será Sérgio Corrêa, da cidade de Novo Hamburgo, também defendendo a Fábio Loko.

A GP Light terá seis gaúchos no grid. O portoalegrense Carlos Barcelos, que disputa o campeonato regularmente pela equipe que leva seu nome, divide a torcida com Rafael Bertagnolli, de Santa Maria, que volta ao grid pela Fábio Loko; Maico Colussi, de Passo Fundo, na Rad Racing Team; Márcio Luchese, de Bento Gonçalves, na Bobi Race Team; Marcelo Dahmer, de Três de Maio, na K Racing, e Paulo Moreira, de Novo Hamburgo, na GP Gaúcho.

O maior número de representantes do Rio Grande do Sul estará na GPR 250, a categoria de formação de pilotos do Moto 1000 GP. Três deles têm participação regular. Giovandro Tonini, piloto de Bento Gonçalves que defende a Santin Racing, é quinto colocado na tabela de pontos. Herbert Pereira, de Estrela, participa da temporada pela Aclat Racing e está em oitavo lugar. Dilson Fernandes, de Guaporé, defende a Carlos Barcelos e é o 17º.

Além deles, a GPR 250 terá no GP Petrobras 11 pilotos gaúchos. Porto Alegre terá três representantes: Fabiano Vaz, da Boff Sport, Djonatas Rosa, da Catarina Motos, e Pedro de Carli, da Rocha Moto Racing. Outros três pilotos são de Caxias do Sul: Márcio Dalzoto, da Fumaça da Serra, Lucas Prates e Douglas Henrique, ambos da equipe Fábio Loko. Por Bento Gonçalves, além de Tonini, estará na pista Rafael Portaluppi, da Portaluppi Race Team.

Alvorada será outra cidade gaúcha representada por dois pilotos – os irmãos Marlington e Guilber dos Reis, da Kalunga Motos. Maurício Colussi, de Passo Fundo, pela Rad Racing team, e Gabriel Mattes, de Novo Hamburgo, pela Bibica Racing, completam o time gaúcho na GPR 250. O evento terá ainda o GP Gaúcho da categoria GPR 125, incluindo mais quatro pilotos do estado: Tiago Cunha, Sílvio Garcia, Dilan Esteves e Eduardo Breda.