Bruno Senna admite erro na última volta

22 de novembro de 2014

Bruno SennaO inglês Sam Bird venceu a segunda etapa da Fórmula E, realizada neste sábado no circuito de rua montado no centro de Putrajaya, capital administrativa da Malásia. O piloto da equipe Virgin saiu em segundo, tomou a ponta do pole Oriol Servia logo depois da largada e praticamente não foi ameaçado ao longo das 31 voltas. Bruno Senna não recebeu a bandeira quadriculada: na última volta, quando tentava superar o suíço Sébastien Buemi na briga pelo terceiro lugar, bateu forte na barreira de pneus e abandonou.

Bruno reconheceu o desapontamento com o desfecho da prova, mas admitiu que o rendimento do carro da Mahindra Racing melhorou bastante em relação à abertura o calendário em setembro na China, onde sequer conseguiu completar uma volta na tomada classificatória na pista de Pequim. “Eu tinha parciais que poderiam me dar até a pole, mas nunca pude fazer uma volta limpa por causa de bandeiras vermelhas ou do tráfego”, explicou o brasileiro, oitavo no grid.

Bruno Senna 2Partindo da quarta fila, Bruno fez uma corrida agressiva e foi ganhando posições com ultrapassagens arrojadas, como exige um traçado urbano e com algumas curvas estreitas como o da cidade malaia. Mas a chance do pódio escapou nos instantes finais. “O Buemi errou e vi a possibilidade de passar. Infelizmente, passei sobre a sujeira e o carro escapou. É sempre frustrante quando o potencial do carro não se traduz em resultado. Fiz uma aposta e paguei o preço”, disse.

Dos três brasileiros, apenas Lucas di Grassi chegou ao final, com um segundo lugar que o manteve na liderança do campeonato com 43 pontos contra 40 de Bird. Nelsinho Piquet também se envolveu em choque e parou no meio da corrida. Ainda sem pontos, já que na China não foi além da primeira volta, Bruno acredita que a sorte poderá começar a mudar na próxima etapa, marcada para Punta del Este (Uruguai) no dia 13 de dezembro. “Tenho certeza que lá será outra história, o fim desta fase pouco feliz.”

Texto: Márcio Fonseca/Divulgação.

Fotos: Fórmula E/Divulgação