André Negrão termina temporada da GP2 em 12º

23 de novembro de 2014

240399_457812__sbl5837O paulista André Negrão completou neste domingo em Abu Dhabi a sua primeira temporada na Fórmula GP2. Com o final de semana complicado desde os treinos livres da sexta, o piloto da Arden passou em branco na rodada dupla final – terminou hoje em 24º -, mas conseguiu manter o 12º na classificação geral, um bom resultado em seu ano de estreia na divisão de acesso à Fórmula 1 e que lhe garantiu a renovação do contrato com a equipe para 2015. A prova de hoje foi vencida pelo monegasco Stefano Coletti, da Racing Engineering, enquanto o belga Stoffel Vandoorne, com o 6º lugar, assegurou o vice-campeonato.

A etapa de Abu Dhabi nem de longe refletiu o potencial de Negrão, que vinha de seis corridas seguidas dentro da zona de pontos. Os problemas surgiram na sexta com a quebra do motor e a consequente limitação de tempo de pista, o que prejudicou o trabalho de acerto do carro. “Quando as coisas começam assim, dificilmente deixam de acabar mal”, reconheceu Negrão, que ficou em 19º no grid da corrida 1. Mesmo assim, o início de prova promissor – já era 12º antes da 10ª volta – foi comprometido pelo toque recebido do francês Pierre Gasly. O abandono foi inevitável e o prejuízo se estendeu à corrida deste domingo, quando partiu em 24º. Um novo toque e a parada imprevista para a troca do bico destruíram qualquer chance de resultado.

240399_457813__mg_0978Mesmo sem chances reais, no entanto, Negrão ainda estabeleceu a terceira volta mais rápida de hoje. “O ritmo do carro acabou sendo o melhor do ano. Isso só mostra que eu poderia ter saído daqui com muito mais pontos. Não foi o fim de campeonato que eu imaginava, mas acho que o balanço do ano foi bastante positivo. Terminar em 12º numa categoria tão competitiva e equilibrada não deixa de ser animador. Tenho certeza que 2015 será bem melhor.”

Negrão permanecerá em Abu Dhabi, já que a Fórmula GP2 realizará três dias de treinos coletivos de quinta a sábado.

O resultado da corrida 2:

1 – Stefano Coletti – 22 voltas em 41:37.752
2 – Felipe Nasr – a 3.787
3 – Arthur Pic – a 5.357
4 – Stephane Richelmi – a 9.288
5 – Mitch Evans – a 12.701
6 – Stoffel Vandoorne – a 13.764
7 – Johnny Cecotto – a 18.708
8 – Rafaelle Marciello – a 19.217
9 – Sergio Canamasas – a 24.383
10 – Takuya Izawa – a 29.345
11 – Julian Leal – a 29.608
12 – Ryo Haryanto – a 30.191
13 – Nathanael Berthon – a 30.561
14 – Jon Lancaster – a 36.411
15 – Conor Daly – a 36.817
16 – Simon Trummer – a 37.962
17 – Nicholas Latifi – a 41.580
18 – Pierre Gasly – a 42.156
19 – Arten Markelov – a 44.492
20 – Kevin Giovesi – a 46.210
21 – Marcus Sørensen – a 47.308
22 – Kimiya Sato – a 47.687
23 – Rene Binder – a 48.331
24 – André Negrão – a 53.145

Não completaram:
Jolyon Palmer
Daniel De Jong

Campeonato:

1 – J. Palmer – 276
2 – S. Vandoorne – 227
3 – F. Nasr – 224
4 – M. Evans – 172
5 – J. Cecotto – 138
6 – S. Coletti – 136
7 – A. Pic – 124
8 – S. Richelmi – 81
9 – R. Marciello – 73
10 – J. Leal – 68
11 – M. Sørensen – 47
12 – A. Negrão – 31
13 – A. Quaife-Hobbs – 30
14 – S. Canamasas – 28
15 – R. Haryanto – 28
16 – D. Abt – 27
17 – S. Trummer – 26
18 – T. Izawa – 26
19 – T. Dillmann – 18
20 – N. Berthon – 17
21 – A. Rossi – 12
22 – T. Ellinas – 7
23 – J. Lancaster – 6
24 – A. Markelov – 6
25 – R. Binder – 3
26 – C. Daly – 2
27 – K. Sato – 2
28 – D. De Jong – 2

Fotos: GP2 Media/MF2

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.