Hamilton conquista bicampeonato da Fórmula Um

23 de novembro de 2014

Lewis Hamilton 1Por Robério Lessa –  O título do Mundial de Pilotos da temporada de 2014 da Fórmula Um ficou com o inglês Lewis Hamilton que venceu o Grande Prêmio de Abu Dhabi, disputado na tarde/noite deste domingo (23), no circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos. Assim, ele se torna o segundo piloto da Inglaterra a conquistar dois títulos mundiais, se igualando a Graham Hill, campeão nos anos de 1962 e 1968.

Após cruzar a linha de chegada, o campeão foi saudado pelo príncipe Harry, que disse ser Hamilton uma nova lenda do esporte. Repetindo o gesto de seu ídolo Ayrton Senna, o piloto completou a volta de desaceleração empunhando a bandeira de seu país.

HamiltonHamilton termina o ano com 11 vitórias e o primeiro titulo para um piloto Mercedes desde a conquista do argentino  Juan Manuel Fangio em 1957.

Na segunda colocação chegou o brasileiro Felipe Massa, com Valtteri Bottas em terceiro, enquanto Nico Rosberg terminou em 14º.

A corrida – Na largada Nico Rosberg larga mal e Hamilton aproveita e toma a ponta enquanto Felipe Massa exerce uma boa pressão em cima do alemão na tentativa de ficar com o segundo posto ainda na volta inicial. Se o brasileiro conseguiu uma bela largada, seu companheiro de Williams, Valtteri Bottas caiu para a oitava posição.

Lewis  Hamilton 4Enquanto isso, Lewis Hamilton tratava de pisar forte no acelerador e conseguiu uma vantagem de 1,5 segundos após quatro voltas.

Além dos carros da Mercedes, Felipe Massa era o único a andar na casa de 1m47s e, mesmo assim, já começava a se distanciar de Nico e Hamilton.

Na sexta volta, Fernando Alonso foi o primeiro a trocar os pneus, saindo do supermacios para os macios. Na passagem seguinte, Kimi Raikkonen e Jenson Button repetiram a estratégia do espanhol.

Na 10ª volta Hamilton faz sua primeira parada, no giro seguinte foi a vez de Nico, enquanto Felipe Massa assumia a liderança momentânea.

De volta à pista, os dois carros da Mercedes ficaram atrás do brasileiro, com Hamilton no segundo posto há 16,5 segundos. Massa foi para a troca dos compostos na 13ª volta e retornou para o terceiro lugar enquanto os dois Mercedes se revezavam na volta mais rápida.Daniil Kvyat

Com o sol se pondo e a temperatura caindo, os carros seguiam na tocada com poucas ultrapassagens, enquanto o russo Daniil Kvyat abandonava a prova após rodar com sua Toro Rosso nesta que era a sua última corrida pela escuderia, pois em 2015 vai correr na Red Bull no lugar de Sebastian Vettel, recém confirmado na Ferrari.

Com 18 voltas completadas, Hamilton era o primeiro, seguido por Nico e Felipe Massa. Em quarto aparecia o australiano Daniel Ricciardo, que largou dos boxes com os pneus macios e segurava o posto retardando sua parada nos boxes, assim como seu companheiro (Vettel), que vinha em sétimo.

Vettel e RicciardoCom poucas disputas em pista, a corrida mostrava-se chata, e na volta 22, Vettel, enfim, foi para sua troca de pneus.

Na volta 24 a Mercedes de Nico Rosberg começou a perder rendimento e virava a volta em 1m52s, com Felipe Massa se aproximando do alemão, enquanto Hamilton seguia tranquilo na liderança fechando voltas em 1m47s.

Devido aos problemas da Mercedes número seis, Massa assume a segunda posição na 27ª volta, enquanto o seu companheiro Valtteri Bottas tratava de aumentar o ritmo para se aproveitar da situação problemática de Rosberg.

Na volta 28, enfim, Daniel Ricciardo parou para sua troca, enquanto a Lotus de Pastor Maldonado parava em chamas após estourar o motor Renault de seu carro.

AlonsoApós duelarem na pista de Interlagos, Fernando Alonso e Jenson Button voltaram a protagonizar um bom duelo pelo 10º posto, com vantagem para o espanhol que conseguiu superar o britânico.

Neste momento da prova, Hamilton seguia na ponta, mas andava mais lento, o que permitiu a diminuição da distância que o separava do segundo colocado, o brasileiro Felipe Massa.

Após a segunda parada nos boxes da Mercedes de Hamilton, Massa assumiu a ponta enquanto Nico Rosberg era superado por outro carro da Williams (Valtteri Bottas) e caia para a quarta posição, na sequência, o alemão foi para os boxes e retornou em sétimo e demonstrava certo nervosismo pelo rádio quando buscava informações de sua posição na pista junto à equipe.

MassaMassa liderava enquanto Bottas antecipou sua parada para a segunda troca de pneus, invertendo a estratégia do time britânico que priorizava o piloto que estivesse na frente, no entanto, Massa parecia não ter nenhum problema com os pneus, mantendo uma boa tocada, com uma vantagem de 14,7 segundos em relação a Hamilton, o segundo colocado naquela etapa do GP de Abu Dhabi.

Na volta 40 a temperatura ambiente já era cinco graus centígrados menor do que o início da corrida. Bottas tentava se aproximar de Ricciardo para tentar recuperar o terceiro lugar perdido após a sua parada, enquanto Sergio Pérez era atacado por Vettel.

Após algumas voltas conservando o carro, Hamilton voltou a acelerar e começou a diminuir a diferença que o separava de Felipe Massa que parou na volta 43 para troca de pneus, saindo com os supermacios numa clara demonstração de que a Williams priorizava a vitória em solo árabe.Nico Rosberg

Faltando 10 voltas para o final, Rosberg perdia mais uma posição e caia para o oitavo posto após ser superado por Nico Hulkemberg, da Force India. O alemão recuperou o posto após a troca de pneus da Red Bull de Vettel. Mas a alegria do piloto da Mercedes foi efêmera e seu ritmo voltou a piorar, perdendo ainda mais as posições, ocupando a 13ª posição na volta 53.

Lewis HamiltonAo final, Lewis Hamilton conseguiu manter-se à frente de Massa que não teve tempo para conseguir tirar toda a diferença que tinha em relação ao inglês. Assim, Hamilton pode comemorar ainda mais a conquista do segundo título mundial com sua décima primeira vitória no ano.

Valtteri Bottas completou o pódio, em terceiro com Daniel Ricciardo na quarta posição. Jenson Button, chegou em quinto; Nico Hulkenberg, em sexto; Sergio Pérez, em sétimo; Sebastian Vettel, em oitavo; Fernando Alonso, em nono; e  Kimi Raikkonen, em décimo.

Confira a classificação final do GP:

Hamilton1 Lewis Hamilton    Mercedes
2 Felipe Massa    Williams/Mercedes
3 Valtteri Bottas    Williams/Mercedes
4 Daniel Ricciardo    Red Bull/Renault
5 Jenson Button    McLaren/Mercedes
6 Nico Hulkenberg    Force India/Mercedes
7 Sergio Perez    Force India/Mercedes
8 Sebastian Vettel    Red Bull/Renault
9 Fernando Alonso    Ferrari
10 Kimi Raikkonen    Ferrari
11 Kevin Magnussen    McLaren/Mercedes
12 Jean-Eric Vergne    Toro Rosso/Renault
13 Romain Grosjean    Lotus/Renault
14 Nico Rosberg    Mercedes
15 Esteban Gutierrez    Sauber/Ferrari
16 Adrian Sutil    Sauber/Ferrari
17 Will Stevens    Caterham/Renault
Não completaram a prova.
Kamui Kobayashi    Caterham/Renault
Pastor Maldonado    Lotus/Renault
Daniil Kvyat    Toro Rosso/Renault

Hamilton 4Confira a classificação final do Mundial de Pilotos:
1 Lewis Hamilton 384 pontos
2 Nico Rosberg    317 pontos
3 Daniel Ricciardo 238 pontos
4 Valtteri Bottas 186 pontos
5 Sebastian Vettel 167 pontos
6 Fernando Alonso 161 pontos
7 Felipe Massa    134 pontos
8 Jenson Button    126 pontos
9 Nico Hulkenberg 96 pontos
10 Sergio Perez    59 pontos
11 Kevin Magnussen 55 pontos
12 Kimi Raikkonen 55 pontos
13 Jean-Eric Vergne 22 pontos
14 Romain Grosjean 8 pontos
15 Daniil Kvyat    8 pontos
16 Pastor Maldonado 2 pontos
17 Jules Bianchi 2 pontos
Confira a classificação final do Mundial de Construtores:
1 Mercedes 701 pontos
2 Red Bull/Renault 405 pontos
3 Williams/Mercedes 320 pontos
4 Ferrari 216 pontos
5 McLaren/Mercedes 181 pontos
6 Force India/Mercedes    155 pontos
7 Toro Rosso/Renault 30 pontos
8 Lotus/Renault    10 pontos
9 Marussia/Ferrari 2 pontos

 

Texto: Robério Lessa

Fotos: Mercedes GP/Toro Rosso/Red Bull Racing/Scuderia Ferrari/Williams F1 – Divulgação.

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.