Hot Car busca novo pódio na Stock Car em Curitiba

25 de novembro de 2014

240854_459281_912q5537Depois de três pódios conquistados ao longo do ano, foram dois segundos lugares e uma vitória, a equipe Hot Car Competições (Bardahl) chega confiante a Curitiba para a última etapa de 2014. O time de Amadeu Rodrigues quer fechar a temporada com chave-de-ouro e pretende conquistar mais um pódio no palco da grande final, o Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais. A 36ª temporada será encerrada com mais uma novidade, entre tantas vistas ao longo do ano: a pontuação da etapa será dobrada.

O chefe da equipe Hot Car, Amadeu Rodrigues, destacou a evolução de seu time ao longo da temporada, e enfatizou que o objetivo em Curitiba é fazer uma boa corrida e conquistar outro bom resultado.

“Chegamos à última etapa. E foi uma temporada em que fizemos um trabalho muito bom. Os carros foram evoluindo, conseguimos bons resultados e que poderiam ser até melhores. Mas já conquistamos três pódios, dois segundos lugares e uma vitória, o que é muito importante na Stock Car. Vamos para Curitiba com a vontade de conquistar mais um pódio. Será muito importante para a Hot Car terminar entre as dez melhores equipes, posição onde já estamos atualmente e vamos tentar melhorar ainda mais”, analisa o comandante.

240854_459278_vsm21421“É uma corrida, onde não tem muita estratégia, porque é uma corrida de 40 minutos, com uma parada obrigatória para a troca de pneus e reabastecimento. Vamos tentar fazer o melhor possível, acertar os dois carros bem e fazer o pit bem rápido, o que felizmente este ano sempre tem acontecido. A equipe vem trabalhando muito bem nos pit stops e já ganhamos muitas posições nos boxes. Então, vamos trabalhar em cima disso pra que a gente feche o ano bem e que 2015 seja um ano ainda melhor”, conclui Rodrigues.

O mineiro Rafa Matos, que conquistou, ao longo do ano, uma vitória e dois segundos lugares para a equipe Hot Car, reconhece a importância da grande final, justamente pela pontuação dobrada. Ele aposta que seu bólido 2 estará novamente competitivo para brigar por outro bom resultado. Vale lembrar que o piloto de Belo Horizonte vem de um pódio conquistado nas ruas de Salvador, quando foi o segundo colocado da corrida 2.

“Curitiba com certeza é a corrida mais importante do ano, justamente pela novidade de ter a pontuação dupla. A equipe sabe da importância do foco na classificação. É um circuito bem difícil tecnicamente, que pede um carro bem equilibrado, pois se não fica muito difícil extrair tudo do equipamento, mas é um local onde tenho prazer em pilotar. Estou bem empolgado de estar novamente no carro e me apoiando muito no bom equilíbrio do carro para fazer bem essa última corrida e buscar um bom resultado”, observa Matos.

240854_459309_912q8135O paulista Felipe Lapenna também demonstra animação. Ele pretende ajudar o time a se manter no top-10, na briga entre equipes, para que a Hot Car possa terminar o ano entre as melhores. Sua expectativa é de buscar um lugar entre os dez mais rápidos, pontuar bem e permitir que o time suba algumas posições na tabela.

“Estou bem animado para essa última etapa. Espero fazer o máximo possível para fechar o ano com um bom resultado. Tivemos alguns azares com meu carro nas duas últimas corridas, mas a equipe mostrou toda sua evolução e competitividade. Pretendo ajudar ao time do Amadeu a ficar no top-10 na disputa entre equipes e quem sabe pontuar bem para que a Hot Car fique ali entre a sétima ou oitava posição. Vou fazer meu melhor”, comenta Lapenna.

Confira a programação para última da temporada, em Curitiba:
Sexta – 28 de novembro
14h30 – 14h40: Shakedown (Grupo 1)
14h50 – 15h: Shakedown (Grupo 2)
15h10 – 15h50: 1º Treino Livre Stock Car (Grupo 1)
16h – 16h40: 1º Treino Livre Stock Car (Grupo 2)

Sábado – 29 de novembro
10h30 – 11h30: 2º Treino Livre Stock Car (Grupo 1)
11h40 – 12h40: 2º Treino Livre Stock Car (Grupo 2)
15h – 16h: Treino Classificatório (Transmissão ao vivo no SporTV)

Domingo – 30 de novembro
10h30: Largada Corrida Stock Car (40 minutos de prova + 1 volta)

Classificação do campeonato (após 11 etapas – top-10):
1. Rubens Barrichello, 198
2. Átila Abreu, 183,5
3. Thiago Camilo, 174,5
4. Júlio Campos, 167,5
5. Antonio Pizzonia, 158,5
6. Sérgio Jimenez, 158
7. Cacá Bueno, 157
8. Allam Khodair, 153
9. Max Wilson, 144
10. Daniel Serra 134
16. Rafa Matos, 104
21. Felipe Lapenna, 69

Fotos: Vanderley Soares

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.