Volkswagen Novo Fox tem o menor custo de reparo em sua categoria

25 de novembro de 2014

ViewImage (1)O Volkswagen Novo Fox é o modelo com menor custo e tempo de reparo em caso de colisão, em comparação aos seus concorrentes diretos no mercado nacional. O modelo, que acaba de chegar às concessionárias, recebeu a classificação 15 no Car Group, ranking de reparabilidade estabelecido pelo CESVI Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária), entidade de pesquisas independente mantida por seguradoras de veículos e pela indústria automotiva nacional.

“A conquista do Novo Fox reforça o amplo trabalho que vem sendo realizado pela Volkswagen, que prioriza a satisfação dos clientes, buscando oferecer veículos com excelente relação custo-benefício e valores reduzidos de reparo, sem abrir mão da qualidade, da robustez e da segurança”, afirma o gerente executivo de Engenharia de Carroceria, Acabamento, Segurança e Predições Veiculares da Volkswagen do Brasil, Antonio Carnielli Jr.

O índice Car Group é baseado nos resultados de testes de impacto em baixa velocidade feitos pelo CESVI, que avaliam a extensão dos danos e a facilidade de reparo após uma colisão a 15 km/h. A pontuação varia entre 10 a 60: quanto menor o índice, menor o custo do reparo.

Mais moderno, atraente e sofisticado, o Novo Fox chegou ao mercado como o veículo com mais recursos de tecnologia de seu segmento. O modelo, que revolucionou o mercado nacional e criou uma categoria inédita no País, oferece recursos de segurança e itens de conforto que geralmente são encontrados em veículos de categorias superiores.

ViewImageEntre os destaques do Novo Fox estão o controle eletrônico de estabilidade (ESC), a ampla gama de motores e transmissões – incluindo o novo motor 1.6l MSI e o inédito câmbio manual de seis marchas –, o sistema park pilot (com sensores de estacionamento dianteiro e traseiro), o easy trunk (sistema elétrico de abertura elétrica da tampa do porta-malas pelo logotipo da Volkswagen), o easy drive (direção com assistência elétrica) e os faróis de neblina com luz de conversão estática (cornering light). Há, ainda, bloqueio eletrônico do diferencial (EDS), controle de assistência de partida em rampa (HHC) e sistema de navegação embutido no painel RNS315.

Outros destaques do modelo são o M-ABS, ou TC (Traction Control ou Controle de tração) e o HHC (Hill Hold Control ou controle de assistência de partida em rampa). O M-ABS, uma evolução dos freios ABS, tem a função de reduzir o escorregamento das rodas durante a aceleração ou quando o veículo começa a destracionar, em curvas acentuadas, controlando eletronicamente o torque do motor. Já HHC atua em aclives acima de 5%, o sistema mantém o veículo freado por até 2 segundos, após o motorista aliviar o pedal do freio. Os freios são liberados progressivamente durante a aceleração, permitindo a partida do veículo com mais conforto e tranquilidade em rampas.

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.