Fábio Fogaça recupera prestígio na categoria

30 de novembro de 2014

241366_461292_dsc_29093030Que o automobilismo é 70% equipamento e 30% pilotagem, todo mundo sabe. Para os pilotos, no entanto, muitas vezes é difícil manter a cabeça fria quando os resultados positivos não aparecem – mesmo que, para quem acompanha a situação de perto, o problema não esteja em quem aperta os pedais e vira o volante. Quando o equilíbrio emocional prevalece, no entanto, é possível assistir improváveis casos de “voltas por cima” que preparam o terreno para novas fases positivas na carreira dos atletas. É o que ocorreu em 2014 com o sorocabano Fabio Fogaça.

Depois de uma temporada difícil na Stock Car, em que chegou a largar da última fila e em 90% das corridas do ano não teve equipamento para brigar por pontos, Fogaça manteve sempre o discurso de que enfrentava um problema crônico com seu carro.

“Nas etapas de Salvador e de Curitiba, voltei a estar competitivo. Ainda poderia ter colocado meu carro um pouco mais à frente, mas nas classificações não encaixei uma volta boa. A análise dos trechos de pista mostraram que tenho velocidade e agora é aprimorar, porque andei o ano todo em um carro sofrível. Lamento que meu carro tenha sido trocado só no final do ano, mas, por outro lado, agradeço à equipe pelo fato de a troca do chassi ter sido feita ainda nesta temporada. Pelo menos ainda deu tempo para mostrar o meu valor”, falou o piloto.

241366_461290__sm25511Filho da lenda Djalma Fogaça, o jovem piloto sorocabano fechou a última corrida do ano em nono (foi seu primeiro Top-10 do campeonato). Ele fez questão de agradecer, também, à equipe Carlos Alves Competições pelos resultados obtidos.

“Agradeço a oportunidade que tive na equipe Nova Schin, agradeço ao Carlos Alves, ao meus engenheiros e aos meus mecânicos, que sempre me trataram com muito respeito e sempre acreditaram no meu trabalho. As dificuldades nos fortalecem e este foi um ano de muito crescimento”, avaliou o piloto.

O futuro de Fabio Fogaça ainda não está definido. Depois de chegar à Stock Car como uma das novas promessas da categoria, ele espera se manter no grupo de elite do espote a motor brasileiro. E, a julgar pelo que mostrou nas duas últimas etapas, já tem a confiança de todos na categoria para seguir por lá.

Fotos: Vanderlei Soares

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.