Rafael Suzuki faz melhor prova na Stock Car

30 de novembro de 2014

241158_460455_ch4_7235Rafael Suzuki completou sua primeira temporada como piloto da Stock Car com uma grande corrida e seu melhor resultado na principal categoria do automobilismo brasileiro. Na disputa que marcou o término do campeonato, neste domingo (30), em Curitiba, o novato da equipe carioca ProGP exibiu bela performance do início ao fim, conseguiu escapar dos inúmeros incidentes que aconteceram nas primeiras voltas, ganhou nove colocações em relação à sua posição de largada e, pela primeira vez, cruzou a linha de chegada no top-10, em oitavo lugar. De quebra, o paulista radicado no Maranhão somou 26 pontos graças ao regulamento que previu distribuição de pontos em dobro na última rodada da temporada 2014.

A corrida deste domingo teve um início complicado. Nas duas primeiras voltas, vários pilotos se envolveram em incidentes nas primeiras curvas, o que resultou na primeira entrada do safety-car. Suzuki largou da 17ª colocação, teve muita competência para escapar de toda a confusão e logo na segunda volta já era o sétimo lugar, ganhando dez posições. Desde então, o novato não deixou mais o top-10 da prova e partiu para concretizar seu melhor desempenho neste desafiador ano de estreia na Stock Car.

241158_460452_raf14557O primeiro safety-car deixou a pista na quinta volta, e Suzuki acabou sendo superado por Nonô Figueiredo. Porém, na volta seguinte, o piloto da ProGP deu o troco e retomou a sétima colocação. Daí em diante, Rafael controlou sua corrida e permaneceu o máximo de tempo possível na disputa antes de entrar nos boxes para cumprir sua parada obrigatória para troca de pneus, na 17ª volta. Durante a janela de pit-stops, o dono do carro 8 chegou a andar em segundo lugar pouco antes de fazer sua parada. Mesmo enfrentando um pequeno problema, o piloto conseguiu retornar à prova, novamente em boa colocação.

Suzuki voltou em nono, mas logo no giro seguinte ocupava o oitavo lugar. Daí em diante, o piloto de 27 anos manteve o ótimo ritmo de prova e, com a corrida controlada, restava apenas levar o carro até a bandeirada. E ela veio após 29 voltas: Rafael cruzou a linha de chegada e comemorou seu melhor resultado para fechar da melhor forma um ano de estreia em uma das categorias mais competitivas do automobilismo mundial. A vitória ficou com Daniel Serra, enquanto Rubens Barrichello, terceiro, comemorou pela primeira vez um título na Stock Car.

241158_460454_raf14635Em 12 etapas na temporada, Rafael Suzuki somou pontos em oito, sendo sete de forma consecutiva, culminando com a prova deste domingo em Curitiba. No total, o piloto da ProGP completou o campeonato com 47,5 pontos. Considerando todas as dificuldades de um ano de estreia, o paulista, que adotou São Luís como sua residência, avaliou de forma bastante positiva sua jornada em 2014, recheada de aprendizado, novas experiências e muita evolução neste seu retorno ao automobilismo nacional. Depois de comemorar o bom resultado neste domingo, Suzuki já começa a focar na temporada 2015, ano em que estará mais forte e, com muito mais quilometragem, prevê dar um salto de qualidade e competitividade na categoria.

“Terminar o ano entre os dez melhores aqui em Curitiba foi um grande resultado não só para mim, mas também para toda a equipe. Não começamos bem o fim de semana, mas não desistimos, tivemos paciência e estudamos cada detalhes para melhorarmos, e conseguimos. Conquistar o melhor resultado na última corrida nos enche de motivação para 2015, tenho certeza de que toda a experiência do ano de estreia somado ao desenvolvimento do carro fará toda a diferença no futuro”, disse o piloto.

Stock Car, temporada 2014, 12ª etapa, Curitiba, classificação final:

1.Daniel Serra, Red Bull Racing, 29 voltas, 41min28s103
2.Átila Abreu, Mobil Super Racing, +0s482
3.Rubens Barrichello, Full Time Competições, +1s782
4.Cacá Bueno, Red Bull Racing, +4s344
5.Allam Khodair, Full Time Competições, +8s045
6.Nonô Figueiredo, Mobil Super Racing, +20s903
7.Felipe Lapenna, Hot Car Competições, +20s961
8.Rafael Suzuki, ProGP, +28s465
9.Fabio Fogaça, Carlos Alves Competições, +32s258
10.Tuka Rocha, RZ Motorsport, +32s808
11.Popó Bueno, Shell Racing, +33s068
12.Diego Nunes, C2 Team, +33s095
13.Sergio Jimenez, Voxx Racing Team, +40s052
14.Ricardo Maurício, Eurofarma RC, +40s991
15.Galid Osman, Ipiranga RCM, +44s255
16.Felipe Tozzo, Boettger Competições, +41s846
17.Alceu Feldmann, Hanier Racing, +1 volta
18.Luciano Burti, Vogel Motorsport, +1 volta
19.Valdeno Brito, Shell Racing, +1 volta
20.Denis Navarro, Voxx Racing Team, +1 volta
21.Max Wilson, Eurofarma RC, +1 volta
22.Beto Cavaleiro, Hanier Racing, +1 volta
23.Antonio Pizzonia, Prati-Mico’s Racing, +6 voltas
24.Julio Campos, Prati-Mico’s Racing, +8 voltas
25.Bia Figueiredo, ProGP, +14 voltas
26.Gabriel Casagrande, C2 Team, +17 voltas
27.Lucas Foresti, RC3 Bassani, +25 voltas
28.Thiago Camilo, Ipiranga RCM, +28 voltas
29.Ricardo Zonta, RZ Motorsport, +28 voltas
30.Marcos Gomes, Carlos Alves Competições, +28 voltas
31.Felipe Fraga, Vogel Motorsport, +29 voltas
32.Raphael Matos, Hot Car Competições, +29 voltas
33.Vitor Genz, Boettger Competições, +29 voltas

Fotos: Rafael Gagliano/Hyset

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.