Totti assegura título da Fórmula Truck em 2014

7 de dezembro de 2014

Leandro  Totti - Por Orlei SilvaPor Robério Lessa –  A última etapa da Fórmula Truck, realizada na tarde deste domingo (07), no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia foi marcada pela chuva e por muitas emoções proporcionadas pelos pilotos que tiveram muito trabalho para controlar os caminhões na pista molhada da capital de Goiás, e coroou todo o esforço de Leandro Totti, o campeão de 2014.

Na corrida, vencida por Wellington Cirino (o terceiro colocado na classificação-geral), Totti cruzou a linha de chegada em segundo e comemorou bastante a conquista do título disputado com Felipe Giaffone (vice-campeão) que viu sua corrida acabar  quando liderava e teve de ir aos boxes para trocar o câmbio de seu Truck número quatro.

Leandro Totti - Por Orlei SilvaCampeão da Fórmula Truck em 2012, Leandro Totti conquista assim seu segundo título brasileiro na categoria, e também seu segundo título  sul-americano.

“A Truck é uma categoria muito competitiva e ser campeão em um ano de tantas conquistas da equipe é muito especial. É um dos dias mais felizes de minha carreira e tenho que agradecer muito a todo empenho da RM Competições e da MAN Latin America, em especial ao dedicado time de engenheiros da fábrica, que trabalham aqui na pista e também em Resende dia e noite para que a gente tenha o melhor caminhão do grid de largada”, disse Totti*

Classificação final do campeonato brasileiro da Fórmula Truck:
1. Leandro Totti, 228 pontos
2. Felipe Giaffone, 184
3. Wellington Cirino, 171
4. Roberval Andrade, 125
5. André Marques, 95
Geraldo Piquet, 95

Em 2015, a  temporada comemora 20 anos de existência e inicia a disputa na cidade pernambucana de Caruaru no dia primeiro de março. No total serão 10 etapas, com encerramento dia seis de dezembro, em Interlagos (SP).

Confira o resultado da etapa de Goiânia.

1º)    Wellington Cirino (Mercedes, PR), 24 voltas
2º)    Leandro Totti (Volkswagen , PR), a 1.787
3º)    Roberval Andrade (Scania , SP), a 6.492
4º)    Beto Monteiro (Iveco , PE), a 23.100
5º)    Gustavo Magnabosco (Volvo , PR), a 23.905
6º)    André Marques (Volkswagen , SP), a 24.631
7º)    Adalberto Jardim (Volkswagen , SP), a 25.639
8º)    David Muffato (Ford , PR), a 38.569
9º)    Rogerio Castro (Mercedes , GO), a 50.755
10º)  Pedro Muffato (Scania , PR), a 51.931
11º)  Jansen Bueno (Scania , PR), a 1:01.010
12º)  João Maistro (Volvo , PR), a 1:14.148
13º)  Paulo Salustiano (Mercedes , SP), a 1:16.317
14º)  Debora Rodrigues (Volkswagen , SP), a 1:24.131
15º)  Raijan Mascarello (Ford , MT), a 1:46.151
16º)  Luiz Lopes (Iveco , SP), a 1:59.731
17º)  Zé Maria Reis (Ford , GO), a 2 voltas
18º)  Diogo Pachenki (Volvo , PR), a 5 voltas
19º)  Jaidson Zini (Iveco , PR), a 5 voltas
20º)  Leandro Reis (Ford , GO), a 10 voltas
21º) Felipe Giaffone (MAN , SP), a 15 voltas
22º) Geraldo Piquet (Mercedes , DF), a 15 voltas
23º)  Djalma Fogaça (Ford , SP), a 21 voltas
24º) Valmir Benavides (Iveco , SP), a 21 voltas
25º)  Danilo Dirani (Scania , SP), a 22 voltas

Foto: Orlei Silva/Grelak-Divulgação.

Texto: Robério Lessa – *Com informações de RF1 Jornalismo