Bruno Baptista é o campeão da F4 Sul-americana

13 de dezembro de 2014

Bruno BatistaO argentino Agustín Lima Capitao não deu chances aos adversários e conquistou neste sábado a vitória na primeira prova da oitava e última etapa da F4 Sul-americana, que foi realizada no autódromo de Concórdia, na Argentina. Porém, quem comemorou muito foi o brasileiro Bruno Baptista que, com o segundo lugar conquistado na corrida, faturou o primeiro título da história da categoria continental. O uruguaio Francisco Cammarota terminou em terceiro, seguido de perto por Felipe Ortiz, que ainda tinha chances de conquistar o campeonato. Baptista foi a 301 pontos e encerrou a disputa.

Capitao largou da pole e sustentou a ponta durante toda a corrida. Foi a quarta vitória consecutiva do piloto argentino. “Estou muito feliz. Ganhar quatro corridas seguidas não é algo que se consegue constantemente e vencer uma prova em meu país me deixa muito feliz. Pelos nossos tempos, sabia que tínhamos condições de brigar pela vitória. No final, abri vantagem e me preocupei em poupar os pneus para a corrida de amanhã. Largo em sexto e quero vencer mais uma vez, mas sei que será muito difícil”, explicou Lima Capitao, o piloto que mais venceu na temporada, com quatro triunfos.

Bruno BatistaBaptista, que largou da segunda posição, manteve a estratégia de correr pensando no campeonato. “É uma sensação maravilhosa. Cruzar a linha de chegada como campeão da F4 Sul-americana é algo único na vida de um piloto. A corrida foi muito boa e competitiva. No final, meu carro não estava rendendo bem e o Ortiz chegou a me ultrapassar, mas recuperei a posição na manobra seguinte. Meu objetivo era terminar na frente dele e não quis tentar a vitória. Quero agradecer a todos que me apoiaram, minha família, patrocinadores e amigos. Amanhã, sim, vamos tentar a vitória na corrida de despedida, já que o título está garantido”, disse Baptista.

Em terceiro, Cammarota passou muito tempo disputando posição com Ortiz, que o deixou mais longe do segundo lugar. “Foi uma corrida difícil, mas muito divertida. Uma pena que perdi tempo na disputa com Ortiz, porque tinha condições de chegar e ultrapassar Baptista. Sabia que seria difícil chegar em Capitao, mas queria o segundo para poder brigar pelo vice-campeonato. De qualquer forma, foi uma temporada muito boa, mesmo não podendo disputar todas as etapas. Estou na briga pelo terceiro lugar no campeonato com Capitao e vamos em busca de mais uma vitória”, afirmou Cammarota.

A segunda prova tem início previsto para as 10h10 de domingo. O grid será formado com base no resultado final da primeira prova, mas com os seis primeiros colocados invertidos. Desta forma, Maximiliano Soto Zurita é o pole.

Confira a classificação do campeonato:

1) Bruno Baptista (BRA) – 301 pontos
2) Felipe Ortiz (BRA) – 228 pontos
3) Francisco Cammarota (URU) – 176 pontos
4) Agustín Capitao (ARG) – 174 pontos
5) Nicolas Muraglia (URU) – 140 pontos
6) Juan Manuel Casella (URU) – 83 pontos
7) Diego Muraglia (URU) – 77 pontos
8) Martín Ponte (ARG) – 51 pontos
9) Adrian Chiribao (URU) -51 pontos
10) Federico Ensslin (URU) – 46 pontos
11) Frederick Balbi (URU) – 45 pontos
12) Enzo Bortoleto (BRA) – 41 pontos
13) Miguel Wholer (URU) – 28 pontos
14) Lucas Kohl (BRA) – 26 pontos
15) Rodrigo Baptista (BRA) – 23 pontos
16) Mauro Marino (ARG) – 18 pontos
17) Maximiliano Soto Zurita (CHI) – 16 pontos
18) Alessandro Salerno (ARG) – 14 pontos
19) Maximiliano González (MEX) – 14 pontos
20) Salvador de Alba (MEX) – 12 pontos
21) Junior Calamari (ARG) – 10 pontos
22) André Vollmer (BRA) – 8 pontos

Texto:MediaOne/Divulgação.

Fotos: Damian Barischpolski/Divulgação.