Bruno Senna reage em Punta del Este

13 de dezembro de 2014

Bruno SennaO suíço Sébastien Buemi venceu a terceira etapa da Fórmula E, disputada neste sábado no circuito de rua de Punta del Este (Uruguai). Numa corrida conturbada, marcada por diversos acidentes, quatro entradas do carro de segurança e quatro líderes ao longo das 31 voltas, os brasileiros também brilharam. Nelsinho Piquet chegou em segundo e Lucas di Grassi completou o pódio, mas Bruno Senna também deixou uma ótima impressão. Punido após o treino classificatório, o piloto da Mahindra Racing saiu em último, fez uma excelente prova de recuperação, cruzou a linha de chegada em sexto e conquistou os primeiros pontos.

Bruno registrou o oitavo tempo do qualifying e foi surpreendido pela decisão da direção de prova de desconsiderar suas voltas porque a equipe não concluiu os trabalhos no carro – os pneus ainda não haviam saído montados – dentro do período mínimo de cinco minutos antes da abertura dos boxes. “Esta é a única categoria que tem um regulamento desses”, reclamou. “Quando se larga lá atrás, tudo fica mais difícil, porque os riscos de acidentes são permanentes”, continuou.

E Bruno mesmo não escapou de um toque contra o muro quando o francês Stephane Sarrazin rodou e bateu à sua frente, num momento em que vários pilotos disputavam posição. “Tentei tirar o carro, mas não deu. Bati com a traseira esquerda e a suspensão quebrou”, disse. Mesmo com o problema e o volante torto, levou o carro até o fim. “Foi uma pena porque era uma corrida para terminar no pódio. Mas, por outro lado, saindo de onde saí, não deixa de ser um bom resultado.”

Foi a primeira vitória de Buemi, um dos 12 dos 20 pilotos da Fórmula E com passagem pela Fórmula 1. O mais recente deles, o francês Jean-Eric Verge, estreou neste sábado e impressionou com a pole position. Na largada, no entanto, foi superado por Piquet. Já perto do final, quando havia recuperado a ponta após a parada obrigatória para a troca de carros, o ex-piloto da Toro Rosso acertou a parede e abandonou. O alemão Nick Heidfeld também comandou a prova, mas foi outro punido com uma passagem pelos boxes por não respeitar o tempo mínimo para a troca do carro durante o pit stop.

A próxima etapa está marcada para 10 de janeiro em Buenos Aires. Neste domingo, porém, os carros e os pilotos voltarão ao traçado da Playa Brava para realizar um simulado completo com vistas à corrida da capital argentina.

O resultado do e-Grande Prêmio de Punta del Este:

1 – Sebastien Buemi – e.dams – 49m08.990
2 – Nelsinho Piquet – China a 0.732
3 – Lucas di Grassi – Abt a 2.635
4 – Jarno Trulli – Trulli a 4.163
5 – Jaime Alguersuari – Virgin a 4.698
6 – Bruno Senna – Mahindra a 5.197
7 – Nicolas Prost – e.dams a 6.514
8 – Jerome D’Ambrosio – Dragon a 7.567
9 – Oriol Servia – Dragon a 8.646
10 – Nick Heidfeld – Venturi a 10.563
11 – Antonio Garcia – China a 10.594
12 – Michela Cerruti – Trulli a 19.617
13 – Karun Chandhok – Mahindra a 54.175

Confira a classificação-geral do campeonato:
01 – Lucas di Grassi – 58 pontos
02 – Sebastien Buemi – 40 pontos
02 – Sam Bird – 40  pontos
04 – Nelsinho Piquet – 22  pontos
05 – Jerome D’Ambrosio – 22 pontos
06 – Nicolas Prost – 21 pontos
07 – Franck Montagny – 18 pontos
08 – Karun Chandhok – 18 pontos
09 – Oriol Servia – 17 pontos
10 – Jaime Alguersuari – 14 pontos
11 – Jarno Trulli – 12 pontos
12 – Charles Pic – 12 pontos
13 – Bruno Senna – 8 pontos
14 – Antonio Felix da Costa – 4 pontos
15 – Daniel Abt – 4 pontos
16 – Jean-Eric Vergne – 3 pontos
17 – Stephane Sarrazin – 2 pontos
18 – Takuma Sato – 2 pontos
19 – Nick Heidfeld – 1 ponto

Texto:  Márcio Fonseca/Divulgação.

Fotos: Fórmula E/Divulgação.