Miguel Praia termina a temporada brasileira de Motovelocidade em quarto

15 de dezembro de 2014

Miguel Praia - Cascavel - pistaO piloto português Miguel Praia, Equipe Center Moto, categoria GP 1000, chegou em sétimo lugar na oitava e última etapa do Moto 1000 GP, o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, depois de largar na oitava posição e ter tido problemas com a alta temperatura da pista do Autódromo Internacional Zilmar Beaux, em Cascavel, no Paraná. Com isso, ele terminou a temporada em quarto lugar na classificação geral, com 93 pontos. O campeão de 2014 foi o francês Mathieu Lussiana, Petronas Alex Barros Racing, com 147 pontos.

– Foi meu pior resultado na temporada, o que transformou o final de semana em uma grande frustração. Minha moto não possui radiador de óleo, só de água e isso contribuiu para ela não ter bom desempenho com a temperatura elevada que se apresentava na pista de Cascavel. Também não obtive uma boa largada e cometi dois erros na primeira volta e isso tudo somado acabou com meu objetivo de terminar a temporada na terceira colocação – lamentou Praia.

Outro piloto da equipe, o carioca Alex Pires, categoria GP 600, chegou em décimo lugar, duas posições acima de seu lugar na largada da prova. Assim, ele terminou a temporada em oitavo lugar, com 53 pontos. “Isso acabou fazendo com que eu não conseguisse subir no tão sonhado pódio”, declarou.

A Equipe Center Moto participou da última etapa do campeonato com os desfalques dos pilotos cariocas Pedro Lins e Marcelo Cortes, ambos da categoria GP Light. Pedro não conseguiu se ausentar do Rio de Janeiro, porque está com uma pessoa da família com problema de saúde e Marcelo ainda não se recuperou completamente do acidente que sofreu no Autódromo de Goiânia.

Foto: Divulgação

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.