Du Sachs se firma como o melhor brasileiro entre os carros nessa edição do Dakar

16 de janeiro de 2015

243723_468693_360_dk15_gustavoepifanio_120008_altaO maior porto exportador de grãos da Argentina vai abrigar a caravana do Dakar na sua última noite antes da chegada triunfal a Buenos Aires. A rigor a etapa deste sábado com apenas 393km de distância dos quais somente 174 km é fácil, mas como em qualquer competição ninguém quer cantar vitória antes da bandeirada final. Ainda mais em uma prova como o Dakar onde esperar o inesperado é uma regra básica.

Du Sachs se integrou totalmente ao Dakar e vem fezendo uma prova sem erros de navegação, até mesmo a sua única apreensão, a demora por achar um waypoint, foi dividida por muita gente experiente e vencedora. “Estou muito contente com o que fiz até agra, muito feliz a parceria com o Ricardo também, que depois de três anos afastado voltou ao Dakar e está mostrando ao que veio com ousadia e velocidade” declarou Du.

“Acho que falta apenas um pouco mais de motor para a Nissan Navara poder lutar mais à frente. Isso com certeza já vai acontecer no ano que vem, quando também a Equipe estará muito mais afiada. Falando nisso, entre os privados, aqueles que não têm apoio direto de montadoras, nós estamos em 2º lugar e isso é espetacular.

“Fico contente também de ver que o Jean Azevedo vai terminar acho que em 21º entre as motos e o André Suguita, que sofreu muito mas aguentou, em 17º entre os Quadriciclos. No ano que vem precisamos encher de brasileiros esse rally porque temos condição de sobra de fazer bonito com nossos muitos talentos, sim senhor.”, finaliza um animado Du Sachs antes de enfrentar os 478km de deslocamento final até Rosário.

Foto: Gustavo Epifanio

2007-2014 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização.