Negrão torce por chuva em Monza

3 de setembro de 2015

2015 GP2 Series Round 7.  Spa-Francorchamps, Spa, Belgium. Friday 21 August 2015. Norman Nato (FRA, Arden International) & Andre Negrao (BRA, Arden International)  Photo: Sam Bloxham/GP2 Media Service ref: Digital Image _G7C6930

Consciente de que não dispõe de um motor em condições de brigar com os dos adversários mais fortes, é na previsão do tempo que André Negrão se apoia para contar com melhor sorte do que nas etapas anteriores no GP da Itália, oitava etapa da Fórmula GP2. De acordo com a meteorologia, deve chover tanto nos treinos classificatórios desta sexta quanto durante a abertura da rodada dupla no sábado, prova mais longa e com maior distribuição de pontos. “A pista molhada nivela mais e reduz um pouco a desvantagem do motor”, acredita o piloto da Arden International.

Negrão conhece bem o estrago que a falta de potência pode causar em um circuito onde a aceleração máxima é exigida na maior parte do traçado de 5.709 metros, formado por retas longas, curvas velozes e três chicanes. “Há duas semanas já sofri bastante em Spa, outra pista rápida. Em Monza, as dificuldades tendem a ser ainda maiores. Sem motor, tudo fica muito mais difícil”, imagina o campineiro, na busca o retorno à zona de pontos depois de um início de temporada animador no Bahrein. O motor do seu carro foi trocado neste ano, mas continua revelando as mesmas deficiências do utilizado no campeonato passado.

Negrao02Amanhã, a pista será aberta para treinos livres a partir das 7 horas (Brasília). A fornecedora de pneus ofereceu duas versões de compostos – dura e média -, pouco diferente da borracha que a Fórmula 1 terá a seu dispor – média e macia. Ainda que a meteorologia falhe e o tempo se mantenha firme, Negrão não acredita que o consumo dos pneus possa representar uma preocupação adicional. “Neste ano temos mais pressão aerodinâmica, o que vai ajudar a reduzir o desgaste”, lembra.

A divisão de acesso à Fórmula 1 está chegando à reta final. Depois do fim de semana, restarão apenas as etapas da Rússia, novamente Bahrein e o fechamento do calendário em Abu Dhabi. O belga Stoffel Vandoorne lidera a classificação com folga e tem 105 pontos de vantagem – 233 a 128 – sobre o perseguidor mais próximo, o norte-americano Alexander Rossi. A continuar no atual ritmo, o piloto do programa de jovens talentos da McLaren deve assegurar o título por antecipação.

Texto: Márcio Fonseca
Fotos: GP2 Media/MF2

2007-2015 – www.carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização