Concluído testes de pneus em Paul Ricard

26 de janeiro de 2016

A Fórmula Um realizou nesta terça (26), no circuito de Paul Ricard, na França, os testes para pneus de chuva da categoria. A programação da Pirelli, fornecedora oficial de pneus da categoria, foi proposta para se ter o maior conhecimento possível dos compostos que são utilizados com pista molhada.

Assim, os carros da Ferrari, McLaren e Red Bull aceitaram o convite da  indústria italiana para participar dos testes a fim de desenvolver a nova geração de pneus de chuva para a temporada 2016.

Para reproduzir as condições de corrida sob chuva foi usado um sofisticado sistema de sprinklers em Paul Ricard, o que  permitiu à Pirelli testar os protótipos com diferentes quantidades de água na pista, simulando uma série de condições de pista molhada. Ou seja, os pilotos puderam acelerar com diversos protótipos de pneus de chuva, com diferentes compostos e construções, em relação ao pneu usado em 2015 (Cinturato Azul), já existente.

Como este foi um teste cego, os protótipos não possuíam quaisquer marcações de cores nas laterais. Nem as equipes e nem os pilotos sabiam qual especificação de pneus estavam testando. Todos os carros usados nestes dois dias estavam com a configuração de 2015, sem modificações.

O programa de teste e desenvolvimento foi concluído no prazo previsto. Foram dois dias completos em Paul Ricard, com 659 voltas na sua configuração de traçado curto, com os cinco pilotos presentes, totalizando 2.326 quilômetros percorridos.

As temperaturas permaneceram baixas ao longo dos testes. A máxima registrada foi de 11ºC. Embora esta não seja a condição climática ideal, uma série de dados foram coletados para serem analisados posteriormente na sede da Pirelli, em Milão, onde o programa de desenvolvimento continua. Os resultados coletados pela telemetria de cada um dos times serão comparados aos dados obtidos serão usados para se chegar ao melhor composto testado.

A próxima atividade de pista acontece durante o primeiro teste de pré-temporada, em Barcelona, ​​na Espanha, entre os dias 22 e 25 de fevereiro.

Stoffel Vandoorne, da McLaren, foi o único a pilotar durante os dois dias, enquanto que, pela Ferrari, Kimi Raikkonen testou na segunda (25) e Sebastian Vettel nesta terça (26). Já a Red Bull teve Daniel Ricciardo no primeiro dia e Daniil Kvyat no segundo.

Confira os tempos mais rápidos combinados após os dois dias de testes:

Sebastian Vettel (Ferrari) 1min06s750 (134 voltas)
Daniil Kvyat (Red Bull) 1min06s833 (113)
Stoffel Vandoorne (McLaren) 1min07s758 (87 + 127)
Daniel Ricciardo (Red Bull) 1min08s713 (99)
Kimi Roikkonen (Ferrari) 1min09s637 (99).

Foto: Pirelli/Divulgação.

2007-2016  –  carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização

Tags: