Gabriel Paturle conquista pódio em estreia na Graduados

2 de fevereiro de 2016

14No último sábado (30), o Kartódromo Aldeia da Serra, na Grande São Paulo, recebeu pilotos e equipes para a primeira etapa da Copa São Paulo Light de Kart. Depois de destacada participação no Florida Winter Tour, nos Estados Unidos, o piloto mineiro Gabriel Paturle seguiu para São Paulo, quando fez a sua primeira prova oficial na sua nova categoria, a Graduados.

Paturle vive um momento de grande transição em sua carreira. A Graduados é a classe mais veloz e disputada do kartismo nacional e, exatamente por este motivo, reúne os principais pilotos da modalidade, incluindo aqueles que já contam com experiência em competições de monopostos e turismo.

Para lhe dar atenção exclusiva e, principalmente, auxiliá-lo nesta fase o piloto passou a contar com a equipe técnica chefiada pelo preparador Anderson Silva. Além disso, ele também mudou seu fornecedor de chassis. A partir de agora, Gabriel compete com os chassis da tradicional Kart Mini. Os motores seguem sendo os italianos IAME, preparados pela empresa RBC Motorsport, de Belo Horizonte.

O desempenho de Paturle começou de maneira bastante satisfatória nos treinos livres. Aproveitando ao máximo o tempo de pista aberta, o piloto procurou se adaptar bastante ao novo equipamento e, pouco a pouco, foi ajustando seu conjunto para as atividades oficiais do sábado de competições. Na última sessão, disputada na tarde de sexta (29), o piloto fez o terceiro melhor tempo, a exatos 50 milésimos do mais veloz.

Animado, Gabriel chegou na pista para o dia das corridas. Na tomada de tempos, contudo, foi atrapalhado em sua volta mais rápida, o que não lhe permitiu conseguir um tempo ideal, garantindo assim apenas a 10ª posição no grid formado por 17 competidores. Sem desanimar, o piloto de Belo Horizonte fez duas corridas de recuperação e finalizou o dia no quinto lugar da categoria Graduado “B”, garantindo assim um troféu em sua primeira prova na categoria.

“Apesar de não ter conseguido uma boa volta na tomada, o que atrapalhou o resultado final da corrida, acho que fizemos uma boa estreia. Eu e o Anderson fizemos uma parceria legal e vamos conseguir, tenho certeza, bons resultados ao longo do ano. Tem também a mudança do equipamento que eu estou me adaptando. O kart da Graduados é bem mais rápido de final e, por outro lado, achei esse chassis Mini mais aderente e um pouco mais fácil de guiar. Vou treinar ainda mais para a próxima etapa e vamos em busca de melhores resultados”, comentou o piloto.

Texto e Foto: Quick Comunicação/Divulgação.

2007-2016 – carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização

Tags: