Chuva atrapalha planos de Bruno Baptista

30 de maio de 2016

_bruno_monaco_sabado__3_A chuva na manhã deste domingo (29), em Mônaco, tornou a disputa da segunda etapa da Eurocup Fórmula Renault 2.0 ainda mais complicada para os 23 pilotos da categoria no estreito circuito nas ruas do Principado. A largada foi atrasada em vinte minutos, em virtude de reparos na barreira de proteção da Ste Devote, após um acidente durante a Porsche Supercup, e aconteceu com Safety Car.

Foram duas voltas com o carro de segurança, até a bandeira verde, interrompida logo na sequência após um acidente envolvendo o brasileiro Bruno Baptista, da Fortec Motorsports, e o indiano Jehan Daruvala, da Josef Kaufmann Racing. Com a pista bastante escorregadia, Bruno perdeu o ponto de freada na chicane Nouvelle e não conseguiu desviar. A batida provocou a quebra da suspensão e o abandono precoce do piloto do carro número seis.

Com as condições bem complicadas, alguns pilotos saíram do traçado até mesmo durante a bandeira amarela. Faltando pouco mais de seis minutos para o final, dos 25 previstos de corrida, a etapa foi interrompida com bandeira vermelha, após um acidente entre o francês Gabriel Aubry e o britânico Harrison Scott, que provocou danos na barreira de proteção.

A prova teve apenas seis voltas completadas e a vitória do francês Sacha Fenestraz, que herdou a pole position após a punição sofrida pelo britânico Lando Norris, que largou no fim do grid. O austríaco Ferdinand Habsburg foi o segundo e o belga Max Defourny, o terceiro. Com o resultado, Defourny é o líder, com 70 pontos, dois de vantagem para Norris, que cruzou a linha de chegada em 18º.

Baptista, que largou da oitava posição e estava confiante para sua primeira corrida em Mônaco, lamentou o acidente e descreveu as difíceis condições no traçado de Monte Carlo, palco também da Fórmula 1 neste domingo.

“Perdi os freios e só vi o outro carro se aproximando, não deu nem pra ver onde eu estava. Tentei desviar, mas não consegui. As condições estavam muito difíceis. Desde ontem, havia a previsão de chuva e já esperávamos por uma corrida complicada. Foram poucos minutos de disputa e bandeira verde e, mesmo assim, vários incidentes aconteceram, tanto que a prova teve de ser interrompida. Não foi a estreia que eu esperava em Mônaco, mas ainda estou entre os 10 primeiros no campeonato e temos muitas provas pela frente. Vamos trabalhar e buscar a recuperação”, comentou Baptista, que é o único brasileiro na temporada deste ano.

O paulista, de 19 anos, está agora em oitavo no campeonato, com 18 pontos. A próxima etapa da temporada da Eurocup Fórmula Renault 2.0 acontecerá nos dias 2 e 3 de julho em Monza (Ita). Baptista, no entanto, volta à pista antes, nos dias 18 e 19 de junho, para a disputa da terceira etapa do ano da Fórmula Renault 2.0 NEC, em Hungaroring, na Hungria.

Texto: Divulgação
Foto: Dutch Photo Agency

2007 – 2016 carrosecorridas.com.br – Todos os direitos reservados – Proibida a reprodução sem autorização

Tags: