Guto Figueiredo garante vitória na SuperBike Light somente na reta final

12 de junho de 2016

Guto Figueiredo (#18)_compressedGuto Figueiredo, da equipe KT5/A2/Passaredo, fez uma brilhante corrida e venceu a terceira Etapa da SuperBike Light, prova realizada na tarde deste domingo (12), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O piloto da cidade de Ribeirão Preto largou na quarta colocação e assumiu a ponta apenas nos segundos finais de prova para, em seguida, comemorar intensamente a primeira vitória na temporada.

Após conquistar a quarta colocação nos treinos livres e repetir o mesmo resultado nos classificatórios da SuperBike Light, Guto tinha como missão superar seus adversários diretamente na pista. E foi exatamente isso o que aconteceu. Já na largada, Guto foi beneficiado pelo fato do então líder, Guilherme de Oliveira Neto, da equipe Pro Racing Team, encontrar problemas com sua moto e perder o tempo da largada. Porém, ele não ganhou nenhuma posição. Isso porque seu principal adversário na temporada, Rodrigo Calmon Dazzi, da equipe Giro Moto, saltou de sexto para o terceiro lugar.

Guto Figueiredo iniciou, então, seu objetivo de chegar na liderança. Já na quarta volta, ganhou uma posição ao ultrapassar Felipe Comerlatto (#186), da equipe Pro Racing Team, que vinha em terceiro. Neste momento, a briga pela ponta seguia com Dimitris Katsouropoulou, da Tecfil Racing Team, na frente e Rodrigo Dazzi diminuindo constantemente a vantagem. Na oitava volta, o piloto da equipe Giro Moto já havia feito a ultrapassagem e assumido a primeira colocação. Guto entrou no embalo e, no final da Reta dos Boxes, tomou o lugar de Dimitris.

Guto Figueiredo garante vitória na SuperBike Light somente na reta final_compressedAgora a disputa seguia para os momentos decisivos. Guto Figueiredo acelerou forte e fez o melhor tempo da corrida na volta final, 1m43s516, e encostou de vez em Rodrigo Dazzi. Os dois pilotos completaram a último volta e entraram praticamente lado a lado na Reta dos Boxes. Porém, hoje era mesmo o dia de Guto Figueiredo. Ele recebeu a bandeirada apenas dois centésimos à frente do adversário. Já o piloto capixaba, Rodrigo Dazzi, terminou a prova na segunda colocação.

Dimitris Katsouropoulou, que havia sido ultrapassado pelos dois ponteiros, cruzou a linha de chegada em terceiro. Já Felipe Comerlatto fez uma prova constante e ficou com a quarta posição. Bem atrás deste primeiro grupo de pilotos, Marcos Migliorelli (#11), da equipe Everson Racing, completou o pódio com o quinto lugar.

Pela categoria SuperBike Light Master, o vencedor foi Guilherme Oliveira Neto. O piloto conseguiu recuperar posições após o problema com sua moto na largada e terminou a prova na sétima posição da classificação geral. Enquanto isso, Antonio Telvio (#5) garantiu a vice-liderança da categoria, logo à frente de Marcos Ramalho (#9), da Pitico Racing Team, em terceiro. Sergio H. Hidani (#135), da Misano Racing, foi quarto a cruzar a linha de chegada, seguido por Nelson de Oliveira (#145), da equipe Os impossíveis, na quinta colocação.

Texto: VGCOM/Divulgação
Foto: Johanes Duarte/Divulgação

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: