NRT faz bonito na Copa Sol de Motovelocidade

21 de junho de 2016

NRT 001Por Robério Lessa – Com duas vitória, e três segundos lugares, a equipe Nordeste Racing Team (NRT), mostrou que deve ser considerada uma grande força na disputa do título da Copa Sol de Motovelocidade, que teve início no último domingo (19), no Autódromo Virgílio Távora, localizado na cidade do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza).

A competição, que é válida pela temporada de 2016 do Campeonato Cearense de Motovelocidade, reuniu 42 pilotos dos estados do Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Bahia e Rio Grande do Norte divididos em categorias 125cc e 160cc, considerada a escola da motovelocidade; 250cc; 300cc; 600cc; Naked; Custon, e as das 1000cc.

Thiago FonsecaPela RNT, comandada por Cristiano Morais (KM Motos), competiram os pilotos Thiago Fonseca, nas 1000cc, e a dupla  José ReginaldoGenildo da Silva nas 600cc. Thiago lutou pela vitória nas duas baterias e deu trabalho ao vencedor Francisco Carvalho, um pernambucano radicado no Ceará. Na disputa, o público vibrou bastante quando os dois revezaram-se na liderança. Thiago comemorou o resultado e falou sobre o trabalho da equipe que também disputa o SuperBike Brasil.

Thiago Fonseca 2“Saio daqui muito alegre. Achei espetacular a organização dessa primeira etapa da Copa Sol pelos recursos que eles tiveram para realizar essa primeira etapa. Achei que estava acima do normal, e se Deus quiser a segunda etapa vai ser melhor ainda, volto feliz para casa graças a Deus e, na segunda etapa volto aqui para buscar a vitória. Quando agente vem, vem pra ganhar, mas não deu desta vez. Busquei a vitória, mas o Francisco  é um grande piloto e mereceu. Estou feliz também pelo resultado nas 600 cilindradas. Essa equipe era um sonho meu e do Cristiano. Tínhamos pensado nisso há muito tempo, desde que a HPN acabou daquela forma, agente ficou meio que perdido. Aí nós tivemos essa ideia, o Cris bolou a equipe, compramos a estrutura e graças a Deus está tudo certo, hoje é como se fosse uma segunda família, o Cris para mim já é um irmão e os meninos, Regis, Sérgio, Genildo, todo mundo é uma segunda família. A gente se diverte muito e é isso que importa se divertir até porque agente não vive disso, agora quando está dentro da pista, tem que ser sangue no olho e buscar a vitória”, afirmou Thiago.

Thiago Fonseca 2Cristiano também comentou sobre o resultado e o projeto da RNT.

“Como preparador, mecânico e chefe da equipe é um orgulho não só pra mim como profissional, mas como pessoa estar aqui nessa competição com esses amigos. Não estou falando aqui como profissional, mas sim como pessoa, pois a equipe já representa um laço familiar, uma união de amigos. Fico feliz em ver toda dedicação, todo empenho dos pilotos, o próprio Genildo, que estava afastado havia um ano e meio e, mesmo com pouco tempo de preparação, veio para esta etapa com a sua garra, sua pilotagem agressiva, partiu pra cima dos pilotos daqui da região e fez uma grande corrida. O próprio Thiago brigou bastante na primeira e na segunda bateria, além da vitória do Régis, é claro. O que importa é que está todo mundo aqui bem, se divertido bastante, com bastante saúde, sem nenhuma lesão. Quero agradecer também  a organização da Copa Sol que com toda sua dedicação preparou um evento grandioso, sem patrocínio. Vamos esperar as próximas etapas”, disse.

NRT 1Vencedor das duas baterias pela categoria 600cc, o piloto José Reginaldo comemorou o resultado obtido na pista cearense.

“Quero agradecer a Deus primeiramente por nos conduzir com segurança para essa vitória, segundo à equipe NRT que me deu uma moto acertada para lutar pela vitória. A primeira bateria foi ótima, foi show! Deu dobradinha comigo e com o Genildo, a segunda também estava no mesmo caminho, mas infelizmente o Genildo tomou um tombo, acontece, faz parte da corrida, mas ele está bem, não sofreu nada estão de parabéns. Quero também parabenizar a organização por tudo que conseguiu para esta etapa. Todo esforço foi recompensado. Para a segunda etapa, se Deu quiser, nós vamos estar juntos para fortalecer o campeonato aqui na nossa região Nordeste e vamos para frente, foi muito bom voltar aqui ao Eusébio, já estive aqui três vezes, mas não tinha conseguido andar bem porque a moto quebrava, dessa vez tudo deu certo a moto estava perfeita, consegui ganhar as duas baterias e estou satisfeito, foi muito bom o resultado.”, avaliou o vencedor das 600cc.Regis NRT

Segundo colocado na primeira bateria, Genildo da Silva não completou a segunda bateria após cair na Curva Dirce, deixando escapar mais um pódio. Sem ter sofrido algum problema, o piloto avaliou sua participação na primeira Copa Sol de Motovelocidade.

NRT“Na primeira bateria andei bem, estava andando no tempo constante  virando sempre em um minuto e 22 segundos, e o Reginaldo fazendo  um minuto e 21 segundos,  só que eu sou um piloto que estou a um ano parado e eu tenho uma tocada agressiva. Na segunda bateria, também eu estava com o tempo até mais baixo um pouco, infelizmente eu espalhei muito tava disputando com o Esdras, tinha acabado de passar ele faltando cinco voltas acabei abrindo demais a curva e fui para a sujeira e tomei o tombo mas faz parte. Quero voltar aqui na próxima etapa”, revelou Genildo.

Antes da segunda etapa da Copa Sol, os pilotos da NRT participam da quarta etapa do Super Bike Brasil, que será disputada dia 17 de julho no Autódromo de Interlagos (SP).

Texto e Fotos: Robério Lessa.

Tags: