Chassis Mini dominam primeira fase do Campeonato Brasileiro de Kart

16 de julho de 2016

MINi 03A Kart Mini foi a grande vencedora da primeira fase do 51º Campeonato Brasileiro de Kart entre as fabricantes de chassi que compõem o kartismo nacional. A competição, disputada na última semana na Paraíba, no Circuito Paladino, teve a presença de 131 competidores divididos em oito categorias, das quais seis foram vencidas por pilotos que utilizaram chassis fabricados pela Kart Mini, a mais antiga fabricante brasileira.

Os pernambucanos Fabrício Filho e Kiko Porto levaram a bandeira Kart Mini ao degrau mais alto do pódio na Mirim e na Júnior Menor, respectivamente. Vinícius Ponce (SP) foi o campeão da Júnior, Gabriel Gomez (SC) levou o título na Cadete, Pedro Goulart (RS) subiu no degrau mais alto do pódio na Sudam (e ganhou o maior prêmio da história do kartismo brasileiro, uma temporada completa na Fórmula Três Brasil) e Abel Reigada (SP) levou o bicampeonato na F4 Sênior, todos com chassi Mini.

MINi 01 (640x393)Outros fatos, porém, podem explicar melhor o domínio da Kart Mini nesta primeira parte do evento – a segunda fase começa nesta segunda-feira na mesma pista e terá a participação de outras seis categorias. Na tomada de tempos três pilotos que utilizaram o chassi da fabricante marcaram a pole position: Gabriel Moura (Mirim), Kiko Porto (Júnior Menor) e Abel Reigada (F4 Sênior).

Além das poles e dos títulos, o ótimo desempenho dos chassis Mini ficam evidenciados por outros fatos, bastante relevantes. Na Júnior Menor, além do campeão Kiko Porto, Ricardo Gracia Filho e Guilherme Figueiredo (vice e 3º colocado) competiram com o chassi da fábrica. O fato se repetiu na Sudam, a categoria mais importante desta fase, onde os três primeiros colocados – Goulart, Duda Naves e Murilo Della Coletta – competiram com chassi Mini, e em ambas as categorias quatro dos cinco pilotos presentes no pódio utilizaram o equipamento da fábrica.

MINi 02 (640x427)Afora os seis títulos conquistados, a Kart Mini ainda teve um vice-campeão competindo com seu chassi, o baiano Valdemiro Oliveira, na F4 Super Sênior.

“Nosso chassi equipou 43% do total de pilotos que disputaram esta primeira fase do Brasileiro, contra 35% da marca mais próxima. Além disso, nas categorias de 125cc, os chassis Mini foram utilizados por 61,6% dos competidores, enquanto a segunda marca equipou 21,6%”, disse Rennê de Carvalho, da Kart Mini, analisando os números da competição.

A Kart Mini estará presente na segunda fase do Campeonato Brasileiro, que começa nesta segunda-feira, e o objetivo, mais uma vez, será a conquista de títulos. “Estamos trabalhando muito para isto e na primeira fase alcançamos nosso objetivo, que esperamos repetir a partir desta segunda-feira”, aposta Rennê de Carvalho. “Queremos agradecer aos que confiaram no trabalho da Kart Mini”, finaliza.

Telha Sul

Texto: Erno Drehmer/Divulgação.

Fotos: Planet Kart / J. de Souza/ S. Silveira – Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: