Encerrada segunda fase do 51º Brasileiro de Kart

23 de julho de 2016

RCL_8998 (640x427)Por Robério Lessa – Da cidade de Conde (PB) – A 51ª edição do Campeonato Brasileiro de Kart foi encerrada na tarde deste sábado (23), no Kartódromo Paladino. Tendo o sol por testemunha, foram conhecidos os campeões das categorias Novatos, Graduados, Sênior A, Sênior B, Super Sênior e Shifter.

As provas finais animaram os expectadores que compareceram ao kartódromo paraibano.

GraduadosA primeira decisão do dia foi na categoria Sênior B, e logo na primeira volta, na Curva da Ferradura, oito pilotos se tocaram e foram parar na grama, dando mostra da tensão que tomou conta dos competidores. Passado o atropelo inicial, a corrida transcorreu com disputas por várias posições. Ao final, a vitória ficou com o piloto Matheus da Costa; seguido por Bruno Santos, em segundo; e Flávio Carminati, em terceiro.

Na sequência, os karts das categoria Graduados ganharam a pista para mais outra etapa recheada de emoções. O piloto Olin Galli usou de toda sua experiência para conquistar o título de campeão da Graduados, seu quinto título no Brasileiro de Kart.

Olin Galli 3 (640x427)Na largada, Olin até que conseguiu segurar a posição, mas depois foi superado por Marcel Della Colleta, mas não deixou o Campeão de 2015 se distanciar, e foi na briga pela primeira posição que aconteceu o primeiro momento polêmico da prova quando Marcel acabou sendo penalizado pela direção da prova com o acréscimo de três segundos ao seu tempo final por atitude antidesportiva contra o kart número um de Olin.

PEDRO GOULARFTO entendimento da direção da prova foi interpretado como erro por parte de integrantes de sua equipe, que chegaram a discutir com fiscais de pista e, o pior aconteceu para Marcel quando a direção da prova decidiu por desclassificar o competidor pela atitude tomada pelos membros de sua escuderia.

Depois disso competidor do kart número um passou por uma forte pressão nas seis últimas voltas quando foi atacado insistentemente por Pedro Goulart, que mostrava rapidez e consistência. Pedro foi o grande nome da corrida ao sair da 15ª posição e ultrapassar 13 competidores até encostar no líder.

AOlin Galli (640x379)os 15 anos e fazendo sua estreia na Graduados, Goulart arrancou aplausos do público a cada passagem, a cada ataque contra Galli, que foi inteligente e soube fechar os espaços a fim de não ser superado, cruzando a linha de chagada em primeiro com uma diferença de 0,222s para Pedro, o segundo. Em terceiro ficou Sérgio Crispim Filho.

Depois foi a vez dos pilotos da categoria Sênior A decidirem quem sairia com a taça de campeão. Em outra corrida disputada, Rodrigo Soares conseguiu o primeiro posto com uma vantagem de 0,853s sobre o segundo colocado, Cláudio Roda. Tuka Rocha foi o terceiro.

PIETRO PRISMIC GUGLIELMIOs competidores da Novatos vieram na sequência e o piloto Pietro Guglielmi largou forte impondo um bom ritmo e abriu uma confortável diferença em relação aos demais concorrentes. Assim, não teve maiores problemas para cruzar a linha de chegada em primeiro com uma vantagem de 5,099s sobre Enzo Corrêa. O terceiro colocado foi Elvis Pinheiro.

A Super Sênior talvez fosse a mais esperada prova do dia, já que o piloto Renato Russo, um dos mais experientes e competitivos do grid, largava da 19ª posição e prometia uma corrida de recuperação. Enquanto Maique Papareli largava da pole, seguido por Rodrigo Piquet e Christiano Mattheis.

0100Ainda na primeira volta, Renato Russo acaba passando por fora em uma curva e perde terreno, jogando por terra sua esperança de uma corrida de recuperação.

Com várias ultrapassagens e disputas por várias colocações, a corrida dos pilotos da Super Sênior foi igualmente emocionante, e coube a Maique Papareli a vitória e o título. O segundo colocado foi Christiano Mattheis, que chegou à 1,461s do vencedor, com Ricardo Tadeu Thomazi, em terceiro.

010000Na categoria Shifter, do karts com marcha, era esperada uma disputa renhida pelo primeiro posto, já que o campeão de 2015, Gabriel Dias, que largava de sexto mostrou espetacular reação ao sinal vermelho e conseguiu ocupar o segundo posto atrás de Gaetano Di Mauro, que assumira a ponta e imprimiu forte ritmo.

Gaetano se distanciava de Gabriel, e esse dos demais oponentes, enquanto atrás deles nada estava definido e para onde o expectador mirasse seu olhar via intensas batalhas por posições como foi a de Bia Figueiredo e Nathaniel Bueno, pela sétima posição, e a dos companheiros da Tony Kart, Leonardo Lamelas e Beto Monteiro.

01002Enquanto Beto e Lamelas estavam à frente de Bia e Nathaniel, cada vez mais Gaetano e Gabriel se isolavam em suas solitárias posições.

Na última volta, Leonardo tentou uma manobra arriscada para cima de Beto e acabou batendo no kart 88 do pernambucano, que recebeu um choque do kart 47 de Nathaniel Bueno, quando este não conseguiu se livrar da confusão. O resultado foi prejuízo para Beto e Nathaniel, este último terminou a prova em nono e Nathaniel, que fora ultrapassado por Bia Figueiredo, em oitavo.

Gaetano Di MauroGaetano, que havia diminuído o rito nas voltas finais chegou a uma distância controlada sobre Gabriel Dias em 2,641s, e este a 6,556s do terceiro colocado, o paulista Danilo Dirani.

Confira os três primeiros colocados de cada categoria. e para acessar a classificação completa clique aqui:

Sênior A 
Campeão: Rodrigo Soares
Vice: Cláudio Roda
Terceiro: Tuka Rocha

Sênior B
Campeão: Mateus da Costa
Vice: Bruno Santos
Terceiro: Flávio Carminati

Super Sênior
Campeão:
Vice:
Terceiro:

Graduados
Campeão: Olin Galli
Vice: Pedro Goulart
Terceiro: Sérgio Crispim Filho

Novatos
Campeão:  Pietro Guglielmi
Vice: Enzo Corrêa
Terceiro:Elvis Pinheiro.

Shifter
Campeão: GAetano Di Mauro
Vice: Gabriel Dias
Terceiro: Danilo Dirani

Telha Sul
Texto e Foto: Robério Lessa

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: