Equipe Mitsubishi Ralliart Brasil entre ascinco melhores no Sertões

5 de setembro de 2016

292949_635338_302_rs16_victoreleuterio_010525Mesmo com dois furos de pneus, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad se animam com o desempenho do ASX Racing no primeiro dia de Rally dos Sertões.

“O ASX Racing está acima das minhas expectativas”, comenta Guiga Spinelli. Mesmo tendo que enfrentar dois furos de pneus já no primeiro dia, o piloto está feliz e motivado com as modificações feitas no carro. “Já pudemos notar as evoluções, está fácil de pilotar e prazeroso. Perdemos tempo com as trocas de pneus e, como era muito estreito, demoramos bastante até encontrar um lugar possível para parar. Mas o importante é que o carro está muito bom”, completa.

O primeiro dia já mostrou que esse Sertões não será fácil. Em uma especial relativamente curta, com 111 quilômetros, muitos desafios em um etapa dura e bem técnica. “Foi uma etapa muito técnica, com baixa média de velocidade. Não tinha uma reta de 200m para respirar. Forçou muito o carro, mas foi um dia bom para ser o primeiro”, disse Youssef.

De Goiânia a Padre Bernardo, o trecho teve muitas subidas e descidas por uma região montanhosa, além de estradas estreitas e sinuosas, com abismos dos dois lados. O forte calor da região e a poeira contribuíram para deixar o dia ainda mais cansativo.

“Foi muito prazerosa, bem sinuosa, com montanhas o tempo inteiro. Estava bem escorregadia e estreita em muitos trechos. Para começar o rali, foi uma especial bem exigente”, afirma Guiga.

Ainda em Goiânia, a dupla realizou algumas simulações de trocas de pneus, justamente para estar afinada quando isso acontecer. Mesmo em situações adversas, como a poeira e o solo com pedras, eles realizam a troca de um pneu em cerca de dois minutos e meio.

Foto: Victor Eleutério-Mitsubishi/Divulgação.
Texto: Mitsubishi/Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: