Panasonic Jaguar Racing inicia jornada na Fórmula E

3 de outubro de 2016

jagracingitypedoningtonside08091604_compressedA Panasonic Jaguar Racing faz sua estreia na FIA Fórmula E nesta temporada, no e-Prix de Hong Kong neste domingo (09), e espera continuar seu bem-sucedido legado em esportes a motor que começou na década de 1950.

Os pilotos Adam Carroll, britânico de 33 anos, e Mitch Evans, neozelandês de 22 anos, vão comandar o primeiro carro totalmente elétrico já feito pela Jaguar, o I-TYPE. A equipe Panasonic Jaguar Racing correrá as 14 provas da temporada.

Chamado Race to Innovate, o programa da empresa inglesa para a Fórmula E irá criar benefícios para o futuro dos produtos elétricos e híbridos da Jaguar Land Rover.

Uma corrida na Fórmula E dura 50 minutos e inclui um pit stop obrigatório, no qual os pilotos trocam para o segundo carro, o que torna a competição ainda mais interessante. Os esportistas enfrentam desafios próprios da Fórmula E, como gerenciar o consumo e regeneração da bateria para se manterem carregados até o final da prova.

As empresas podem fazer seus próprios trens de força, o que inclui motor, transmissão, suspensão traseira e inversor. Componentes comuns para todas as equipes incluem o chassi de fibra de carbono e bateria para controle de custos. O foco das equipes fica no desenvolvimento de trens de força para veículos exclusivamente elétricos.

O I-TYPE da Panasonic Jaguar Racing’s possui um MGU (Motor Generated Unit, ou unidade de motor gerador), com potência máxima de 200kW e velocidade máxima de de 140mph (225,3 km/h). A força do motor proveem de uma caixa de velocidade sequencial.

Aos 22 anos, Mitch Evans é o piloto mais jovem do grid da Fórmula E, mas traz à equipe experiência no kart e títulos em campeonatos de open-wheel, como o GP3 2012.
Além de um conceito totalmente elétrico, a Fórmula E é também pioneira entre os esportes a motor em sua escolha de cidades para o campeonato. Cada rodada, exceto a do México, ocorre em circuitos de rua, bem no centro de grandes cidades. Todas as atividades de pista, incluindo treinos, corridas qualificatórias e as corridas finais, acontecem em um único dia, excluindo as corridas double-header de dois dias em Montreal e a final em Nova York.

Texto: Jaguar Racing/Divulgação
Foto: Jaguar Racing/Divulgação

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: