Queirolo vence de ponta a ponta em Interlagos

12 de novembro de 2016

 O sábado (12)  foi do pole Pedro Queirolo na Porsche GT3 Cup em Interlagos. O Porsche número 13 sustentou a dianteira na largada e liderou todas as voltas para vencer pela segunda vez no ano. Ele foi pressionado por Marcelo Hahn em alguns momentos, mas no final acabou favorecido por um toque que abreviou as provas de Ricardo Baptista, Miguel Paludo e do então vice-líder (Hahn).

“Foi muito bom. Fiquei muito feliz. O Marcelo estava muito rápido, mas realmente serviu de escudo a corrida inteira. A gente tinha um ritmo bom e procurava ser mais rápido no miolo, porque via que ele aproximava na subida do Café, sem peso nenhum. Na freada estava ficando molhado e tive um certo receio de rodar freando ali. Então tentei manter uma distância segura e controlar a prova. Infelizmente eles se envolveram em um acidente no final e aí me deu tranquilidade nas últimas duas ou três voltas, quando o Rodrigo vinha rápido também. Mas graças a Deus foi de ponta a ponta e cumprimos o objetivo”, afirmou Queirolo.

O prejuízo foi enorme para o Porsche número 16. Ele poderia assumir a dianteira na disputa pelo título da Cup Sport, a divisão de entrada da principal categoria de Gran Turismo do continente. Mas amargou um lugar fora do pódio e viu Carlos Ambósio, que fez uma corrida limpa, terminar em sexto no geral e vencer na categoria, para assumir a liderança.

O segundo lugar no geral ficou com Rodrigo Baptista, piloto regular do Blancpain GT Series em 2016. Vindo de um segundo lugar na prova de endurance de Goiânia, ele mostra cada vez mais desenvoltura com os carros de corrida mais produzidos no mundo.

Werner Neugebauer, outro competidor que entrou no evento na corrida de endurance, também fez uma corrida consistente: avançou quando a chuva apertou e foi premiado com o terceiro lugar.

Sylvio de Barros passou a prova toda na balada dos líderes e terminou em quarto, com JP Mauro voltando ao pódio, em quinto lugar.

Neste domingo (13)  os quatro postulantes ao título da Cup Sport conservam chances matemáticas. Mas, largando apenas em 16o na prova, ficou muito difícil para Hahn. Ambrósio lidera com 82 pontos, Basso tem 80 e Adalberto 79. Hahn vem a seguir com 76. O vencedor no domingo soma 10 pontos.

Na classe Challenge, Cristiano Piquet começou melhor seu confronto direto com Gonzalo Huerta pelo título da categoria. O Porsche número oito cravou o terceiro tempo do grid, com o chileno largando em oitavo. Ambos estão rigorosamente empatados em 86 pontos, mas Piquet leva vantagem nos critérios de desempate.

Mas quem saiu com o sorriso mais aberto foi Rodrigo Mello. Depois de uma temporada de sprint atribulada, o competidor do Porsche número 29 venceu com autoridade a segunda prova de endurance da temporada, no mês passado em Goiânia. Ele reafirmou a boa fase com sua primeira pole na preliminar da F1. Vai largar ao lado de Otavio Mesquita, o único, entre os 30 pilotos em ação neste fim de semana, que competiu a primeira prova da história da Porsche GT3 Cup Challenge, em 2005.

A programação deste domingo tem início às 9h, com a largada da Challenge. Às 10h acontece a última corrida de sprint do ano, com a prova da Cup.

Texto: Luis Ferrari/Divulgação.

Foto: Luca Bassani/Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: