Emoção para Felipe Massa em sua despedida da F1 no Brasil

13 de novembro de 2016

felipe-massa-01Por Robério Lessa – Não foi como ele esperava, mas também não podia ter sido de uma forma mais emocionante para marcar a despedida do brasileiro Felipe Massa, do Grande Prêmio Brasil de Fórmula Um, prova a qual vencera em duas ocasiões, 2006 e 2008.

Com a chuva que insistia em cair sob a pista do Autódromo José Carlos Pace – Interlagos, em São Paulo, alguns pilotos tiveram sua corrida abreviada e, um deles foi Felipe Massa. Ele seguia com sua Williams número nove até que na 48ª volta acabou rodando e batendo, mas o que parecia ser um final melancólico para quem ama correr em seu país, foi uma demonstração de carinho, respeito e gratidão pela sua trajetória na categoria máxima do automobilismo.

massaAo sair do carro ele foi solenemente aplaudido, de pé,  pelo público presente ao autódromo  e foi difícil esconder a emoção ao caminhar, enrolado em uma bandeira do Brasil, até o box da Williams.

Foi nesta caminhada que outras demonstrações de carinho, dos fotógrafos, repórteres, fiscais, mecânicos e engenheiros motivaram ainda mais o choro de um piloto que nunca escondeu a emoção em suas conquistas, sobretudo nas vitórias em Interlagos.

Integrantes da Mercedes perfilaram-se aplaudindo Massa em sua passagem, o mesmo fizeram os da Ferrari, mas desta escuderia, na qual atuou entre os anos de 2006 a 2013, também recebera afagos e abraços. Após encontrar-se com sua esposa (Rafaela) e seu filho (Felipinho) em demorado abraço, Massa foi acolhido por todos na Williams em um corredor humanos no qual não faltaram mais lágrimas de emoção.

felipe-massa-02“Eu não esperava isso tudo. É uma emoção difícil de explicar. Peço desculpas  porque não queria acabar a corrida desta forma, só tenho a agradecer pelo carinho de todos, dessa torcida. O dia de hoje, independente do resultado, não era o que eu estava tentando, mas vai ser inesquecível para a minha vida”, afirmou um emocionado Massa.

Massa deixa a F1 depois de 14 anos. Entrou na categoria máxima do automobilismo no ano 2002, pela Sauber, no Grande Prêmio da Austrália. Teve passagem na Ferrari, onde, em 2008 foi vice-campeão mundial. Foi pela equipe italiana que vencera seu primeiro GP, em  2006, no Grande Prêmio da Turquia. Na Fórmula Um, o brasileiro obteve 11 vitórias, 41 pódios, e 16 pole positions. É o piloto brasileiro com mais pódios no Grande Prêmio do Brasil, cinco no total.

Clique aqui para ler o relato do jornalista Julio Sonsol sobre o Grande Prêmio Brasil de Fórmula Um-2016.

OFERECIMENTO GAGLIARDI F1

Foto: Mercedes GP/Williams F1/Red Bull/Sauber – Divulgação.

 

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: