Bottas vai para a Mercedes e Massa retorna à Williams

16 de janeiro de 2017

Por Robério Lessa – Faltava a confirmação, mas agora é oficial, o piloto finlandês Valtteri Bottas deixa a Williams e assume o lugar de Nico Rosberg na Mercedes, com isso, abriu caminho para o retorno do brasileiro Felipe Massa na Williams.

Os dois anúncios foram divulgados na tarde (horário local) desta segunda (16), por meio de comunicado à imprensa pelas duas escuderias.

Valtteri Bottas torna-se o 11º piloto a competir na Fórmula Um pela Mercedes.

Para Toto Wolff, diretor da escuderia germânica, a situação criada com a saída de Nico Rosberg foi desafiadora, mas que o finlandês chega para lutar por vitórias e pelo título. “É hora de ver como Valtteri pode intensificar a briga por vitórias e pelos campeonatos de pilotos e equipes. Às vezes na vida, circunstâncias inesperadas proporcionar oportunidades interessantes, e a decisão de Nico foi uma grande surpresa. Certamente uma situação desafiadora para a equipe para lidar, mas vemos isso como uma oportunidade para a equipe a crescer. Valtteri é um cara com os pés no chão, simples e muito focado. Para ser honesto, sua chegada representa um grande ajuste para nós. Ele tem um impressionante recorde nas categorias por onde passou e nove pódios em F1, mas agora é tempo para o próximo nível, para ver como ele pode intensificar a luta por vitórias e pelo Campeonato”, afirmou Toto.

Bottas mostrou-se satisfeito com o seu novo time e, cauteloso, mostrou-se otimista com a temporada de 2017. “Isso tudo é muito emocionante para mim. Eu acho que vai demorar um pouco para entender que isso está realmente acontecendo. É definitivamente mais um sonho tornado realidade, para correr em outra grande equipe com tanta história na Fórmula Um. Tenho orgulho de fazer parte disso e grato a todos na Mercedes para confiar em minhas habilidades e me dar esta oportunidade”, disse Bottas.

O acordo para Valtteri para se juntar à Mercedes não aconteceu de forma isolada. Assim, Pascal Wehrlein (que é piloto de testes da Mercedes) vai para a Sauber e Felipe Massa voltará a Williams.
Com a confirmação da Williams, que precisava de um piloto experiente para atuar ao lado do estreante Lance Stroll, o retorno do brasileiro foi a solução ideal.

Massa conhece o trabalho na escuderia e tem a experiência suficiente para a temporada de 2017 que vai apresentar mudanças nos carros, assim não foi difícil demover a ideia de aposentadoria anunciada por ele no fim de 2016.

“A minha intenção foi sempre a correr em algum lugar. Eu também tenho um forte amor pela Williams, e, portanto, voltar para ajudar a dar estabilidade e experiência para conduzir as coisas para a frente em 2017 é algo que me deixa muito contente. Estou extremamente motivado”, afirmou o piloto que tem 250 grandes prêmios disputados na Fórmula Um.

Fotos: Williams F1/Mercedes GP-Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: