Hamilton Vence na China e divide liderança com Vettel

9 de abril de 2017

Julio Sonsol – Especial para o Carros e Corridas –  Sem sofrer nenhuma ameaça ao longo de toda a corrida, o piloto inglês Lewis Hamilton (Mercedes) não enfrentou dificuldades para vencer o GP da China, disputado em Xangai. Com o resultado, chegou a co-liderança do campeonato, somando 43 pontos, a mesma pontuação do alemão Sebastien Vettel (Ferrari ) que completou a prova em segundo lugar. Apesar de repetir o posto de largada, o ferrarista não teve vida fácil. Ele perdeu posições após a largada, chegando a andar em quinto e recuperou-se na pista, superando o seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen, além dos dois pilotos da Red Bull, Max Verstappen e Daniel Ricciardo. Felipe Massa não se entendeu com a sua Williams, e mesmo largando em sexto só chegou em 14º, o penúltimo entre os carros na pista.
A corrida teve início complicado, pelas condições climáticas. A chuva que caiu antes da largada fez com que a maioria dos pilotos largasse de pneus intermediários por conta da umidade da pista. Isso causou várias alterações na ordem do grid, fazendo com que Vettel caísse para a sexta posição, ultrapassado por Valtteri Bottas (Mercedes), a dupla da Red Bull e o seu companheiro Kimi Raikkonen. Destaque para Verstappen, que largou em 19ª posição e escalou quase todo o pelotão em apenas duas voltas.

Com o asfalto escorregadio, os pilotos tiveram mais dificuldade em manter os carros sob controle. O primeiro acidente aconteceu ainda na primeira volta , quando o companheiro de Massa, Lance Stroll tocou Nico Hulkenberg (Renault) e foi parar na caixa de brita. A ocorrência provocou a primeira bandeira amarela da corrida. Na quarta volta, o safety car virtual, que obriga os pilotos a reduzirem a velocidade e manterem as posições, foi acionado por uma acidente. O italiano Antonio Giovinazzi perdeu o controle de sua Sauber na reta, e jogou-se contra o muro, diante dos boxes.

Por causa da redução da velocidade pelas medidas de segurança, os pilotos aproveitam para trocar os pneus intermediários de chuvas por compostos de pista seca macios ou supermacios. O trabalho com os pneus levou a alterações da ordem dos pilotos na pista. Na quinta volta, Hamilton era seguido por Ricciardo, Raikkonen, Verstappen Bottas e Vettel. Mas o segundo piloto da Mercedes também parou e perdeu posições. Na sétima volta, Bottas caiu para 12º, enquanto Fernando Alonso (McLaren), surpreendentemente chegou ao sexto posto, se beneficiando com as paradas dos adversários.

A partir nona volta, Verstappen continua com o seu show de ultrapassagens, chegando ao terceiro, depois de superar o ferrarista Kimi Raikkonen, que reclamava de perda de potência. Duas voltas após, a vítima foi o companheiro de equipe Ricciardo, com piloto holandês passando o perseguidor direto de Hamilton. Com o rendimento da Red Bull, vislumbrou-se até um ataque mais efetivo à Mercedes. Mas o piloto inglês reagiu, marcando seguidamente as melhores voltas da corrida.

Na 13ª volta, Felipe Massa que tinha largado em sexto já era o 14º na pista, sem demonstrar qualquer possibilidade de reação, e Bottas, mesmo com a eficiente Mercedes, estava em 10º, sem mostrar um rendimento a altura do equipamento que pilotava.

Vettel, que comboiou o companheiro de equipe por 19 voltas, finalmente consegue se livrar de Raikkonen, na 20ª volta. Neste momento, já estava há 9,8 segundos do líder. Duas voltas na frente, o primeiro piloto da Ferrari faz a mais emocionante ultrapassagem da prova, ao tocar rodas com Ricciardo, chegando a sair fumaça dos pneus. Ninguém saiu da pista, apesar dos riscos assumidos na disputa. Sete voltas adiante, Vettel se aproveita de erro de Verstappen, e chega ao segundo posto. O piloto holandês, com os pneus desgastados, para na volta 30 e cai para a sexta posição. O cenário dos ponteiros não muda mais até o final da prova, mesmo com o piloto alemão conseguindo fazer a melhor volta da prova, no 41º giro. Com o campeonato empatado entre Vettel e Hamilton, o circo da Fórmula Um segue para Bahrein, no próximo final de semana.

Confira o resultado do GP da China:

1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
2) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
3) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG)
4) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG)
5) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)
6) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
7) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Renault)
8) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)
9) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)
10) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes)
11) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)
12) Nico Hülkenberg (ALE/Renault)
13) Jolyon Palmer (ING/Renault)
14) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)
15) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)
16) Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) _ ABANDONOU
17) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault)_ ABANDONOU
18) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Honda)_ ABANDONOU
19) Antonio Giovinazzi (ITA/Sauber-Ferrari)_ ABANDONOU
20) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)_ABANDONOU

CLASSIFICAÇÃO DO MUNDIAL DE F1 2017

1) Lewis Hamilton (INGLATERRA)_MERCEDES_43 PONTOS Uma VITÓRIA
2) Sebastian Vettel (ALEMANHA)_FERRARI_43 PONTOS Uma VITÓRIA
3) ValtteriBottas (FINLÂNDIA)_MERCEDES_15 PONTOS
4) Kimi Raikkonen (FINLÂNDIA)_FERRARI_12 PONTOS
5) Max Verstappen (HOLANDA)_RBR_10 PONTOS
6) Felipe Massa (BRASIL)_WILLIANS_8 PONTOS
7) Sergio Pérez (MÉXICO)_FORCE INDIA_6 PONTOS
8) Carlos Sainz Jr. (ESPANHA)_STR_4 PONTOS
9) DaniilKvyat (RÚSSIA)_STR_2 PONTOS
10) EstebanOcon (FRANÇA)_FORCE INDIA_1 PONTO

Texto: Julio Sonsol – especial para o Carros e Corridas.

Fotos: Mercedes GP/Scuderia Ferrari/Williams Martini Racing – Divulgação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: