Joan Mir volta a vencer na Moto3

10 de abril de 2017

Joan MIR (36), da equipe Leopard Racing, realizou uma prova impecável, na tarde deste domingo (9), e venceu Grande Prêmio Motul da Argentina pela categoria Moto3. O piloto espanhol enfrentou a dura missão de precisar fazer uma corrida de recuperação e, principalmente, defender a sua liderança dos incontáveis ataques dos adversários. O atual líder do campeonato largou da 16ª marca no grid e não tardou para assumir a dianteira. Restando 15 voltas para o encerramento, já puxava o pelotão dos ponteiros no Circuito de Termas de Rio Hondo.

Em uma prova marcada pela forte disputa e pela troca contínua de posições, somente a partir da segunda metade da corrida foi possível vislumbrar os possíveis vencedores. Um pelotão formado por Joan Mir, Jorge MARTIN (88), da equipe Del Conca Gresini Moto3, Philipp OETTL (65), da Südmetall Schedl GP Racing, John MCPHEE (17), da British Talent Team, e Andrea MIGNO (16), da SKY Racing Team VR46, abriu pouco mais de dois segundos de vantagem para os demais adversários e iniciou a briga final pela vitória.

Joan Mir e John McPhee foram os dois pilotos que protagonizaram as principais disputas pela ponta. Em uma delas, o britânico mudou o seu traçado e forçou um erro do atual líder do campeonato, que acabou embarrigando uma curva e caindo para a quarta posição. Porém, na volta seguinte Mir já havia assumido a dianteira novamente. Essa disputa seguiu até as últimas curvas da volta final. Em sua derradeira tentativa, McPhee forçou mais uma vez a ultrapassagem, mas, além de não conseguir tomar a ponta ainda quase perdeu a vice-liderança.

Com uma diferença mínima entre os adversários, Joan Mir cruzou a linha de chegada em primeiro, seguido por McPhee em segundo. Jorge Martin foi o terceiro a receber a bandeirada, logo à frente de Philipp Oettl em quarto e de Andrea Migno na quinta posição.

Além destes embates na pista, alguns pilotos acabaram se despedindo da corrida mais cedo. O argentino Gabriel RODRIGO (19), da equipe RBA BOE Racing Team, frustrou a torcida local ao sofrer uma queda na Curva2 ainda na primeira metade da prova. Os italianos Lorenzo DALLA PORTA (48), da MAHINDRA MOTARD Aspar, e Fabio DI GIANNANTONIO (21), da Del Conca Gresini Moto3, também abandonaram a corrida.

Confira abaixo a classificação final com os 10 primeiros colocados da categoria Moto3 no Grande Prêmio Motul da Argentina:
1º – Joan MIR (36), da Leopard Racing
2º – John MCPHEE (17), da British Talent Team
3º – Jorge MARTIN (88), da Del Conca Gresini Moto3
4º – Philipp OETTL (65), da Südmetall Schedl GP Racing
5º – Andrea MIGNO (16), da SKY Racing Team VR46
6º – Livio LOI (11), da Leopard Racing
7º – Romano FENATI (5), da Marinelli Rivacold Snipers
8º – Tatsuki SUZUKI (24), da SIC58 Squadra Corse
9º – Juanfran GUEVARA (58), da RBA BOE Racing Team
10º – Kaito TOBA (27), da Honda Team Asia

Texto: Gilmar Rose – VGCOM
Foto: Eduardo Coutelle/VGCOM – Divulgação

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: