Rafael Grandi participa de testes em Mercedes

21 de abril de 2017

A F4 Sul-americana prosseguiu nesta semana com os testes de pré-temporada no autódromo de Mercedes, Uruguai. E, desta vez, um jovem piloto brasileiro esteve a bordo de um carro da categoria com o objetivo de conhecer o equipamento. Trata-se do curitibano Rafael Grandi, de apenas 15 anos, que participou de dois dias de treinos e que tem como meta disputar a temporada 2017. Grandi completou cerca de 80 voltas pelo traçado uruguaio.

“Os testes foram muito proveitosos e estou muito satisfeito com os resultados alcançados. A categoria oferece um pacote técnico muito interessante com o sistema de monogestão, além de apresentar um custo bastante acessível. O carro ensina muito e acho que é o passo ideal para quem nunca teve contato com um monoposto. É um campeonato de transição para outras categorias. Acho que aqui terei um grande aprendizado”, diz Grandi.

Oriundo do kart, o piloto tem quatro anos de experiência em campeonatos importantes, como o Sul-Brasileiro e a Copa Pinhais de Kart. Grandi realizou também testes com os carros da F3 Brasil e da F4 Italiana. “O monoposto da F4 Sul-americana tem um pouco menos de pressão aerodinâmica em relação ao modelo da categoria italiana, mas demonstrou ser um equipamento rápido e estável. Só precisei de um tempinho para me adaptar ao câmbio sequencial, já que estava habituado a trocar as marchas na borboleta, na Itália”, afirma.

O curitibano cravou sua melhor volta em 1min22s500, pouco mais de cinco décimos da pole registrada no fim do ano passado, em 1min21s940, e segue animado para realizar sua estreia na categoria. “Fiz a volta com pneus usados e acredito que o tempo foi muito bom, levando em consideração que foi minha primeira experiência com o carro. Com pneus novos, o tempo seria mais baixo. Estou satisfeito. Agora vamos trabalhar para disputar as provas deste ano”, finaliza o curitibano.

Texto: MediaOne
Foto: F4 Sul-americana – Divulgação

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: