Rodrigo Dazzi vence na SBK Light

25 de abril de 2017

O piloto Rodrigo Dazzi, da equipe Castrol Motonil, iniciou a temporada 2017 do SuperBike Brasil da melhor forma possível e venceu a primeira etapa da SuperBike Light, prova realizada na tarde deste domingo (23), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Já o piloto Edson Errera, da Errera Racing, foi o nono colocado na categoria Master.

Com o céu bastante encoberto, mas sem chuva, Rodrigo Dazzi colocou à prova sua nova BMW S1000RR e mostrou toda a sua habilidade no comando da motocicleta em pista seca. O atual campeão Brasileiro da categoria largou da terceira marca no grid. Na primeira volta já havia ultrapassado Vitor Reis e assumido a dianteira da Light. Entretanto, Dazzi não se satisfez com a segunda posição no geral e partiu para cima de Juracy Rodrigues “Black”, da Paulinho SBK/Black Day Racing, piloto que disputa a categoria Stock.

E essa briga pela liderança da prova prometia ser emocionante. Com um ritmo cada vez mais intenso, Rodrigo Dazzi reduzia a vantagem do adversário. Na quarta volta, o piloto capixaba cravou a marca de 1m43s263 e colou na traseira da moto de Black. O adversário da categoria Stock não conseguiu mais defender a posição e na subida para a reta dos Boxes foi ultrapassado por Dazzi.

Em sua primeira temporada defendendo a Castrol Motonil, Rodrigo Dazzi já colocou a sua equipe no lugar mais alto do pódio. Após fazer a ultrapassagem sobre Black, o piloto capixaba agregou também a liderança geral da corrida. Ele manteve o bom desempenho até as voltas finais, quando recebeu a bandeirada em primeiro. Com este resultado, Dazzi inicia com vitória sua busca pelo bicampeonato da SuperBike Light e já soma 25 pontos na tabela classificatória.

A corrida teve ainda outros três vencedores em suas respectivas categorias. Juracy Rodrigues “Black” ganhou na Stock, Bruno Corano, da Kawasaki Racing Team, faturou a primeira colocação na Evolution e Marcos Senra, da Moretti Racing Team, garantiu o lugar mais alto do pódio na SuperBike Light Master.

E seguindo a disputa na categoria com piloto acima de 45 anos, Edson Errera, da equipe Errera Racing, foi o nono colocado na Master. O piloto da cidade de Americana (SP) largou do final do grid e ganhou cinco posições ao longo das 12 voltas de prova.

Texto: VGCOM
Foto: Johanes Duarte/VGCOM – Divulgação

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: