Wesley Gutierrez fica com o quarto lugar em Interlagos

30 de maio de 2017

A Kawasaki Racing Team voltou a figurar entre as equipes mais rápidas na segunda etapa do SuperBike Brasil, prova realizada no último domingo (28), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto Wesley Gutierrez obteve um bom desempenho com sua Ninja ZX-10R e garantiu a quarta posição na corrida. Já Bruno Corano voltou a fechar voltas na casa de 1m39s e faturou a sétima posição na prova. Com o resultado, Gutierrez ganhou uma posição no classificatório geral e assumiu o quarto posto com 23 pontos. Corano, que não havia pontuado na abertura da temporada devido a uma quebra, somou nove pontos e subiu para a 10ª posição na tabela.

A segunda rodada do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade iniciou com boas perspectivas para o time da Kawasaki. Com novos acertos na configuração das motos, a dupla da escuderia japonesa entrou na pista de Interlagos com o intuito de baixar suas marcas. E essa melhora logo foi apontada pelo cronômetro oficial da competição. Ainda nos treinos livres, Wesley Gutierrez alcançou o tempo de 1m38s766 e Corano encerrou a sexta-feira (26) com a volta de 1m40s950.

Com um bom ritmo, os dois pilotos da Kawasaki confirmaram presença na SuperPole – com apenas os 15 competidores mais rápidos. Wesley garantiu a sexta marca no grid, com a volta de 1m38s504, e Bruno Corano encerrou o treino decisivo com o tempo de 1m39s706 e largou logo atrás de seu companheiro de equipe, em sétimo.

Já na corrida, a dupla da Kawasaki voltou a se destacar. Ainda na largada, Wesley Gutierrez ultrapassou Danilo Lewis, da Tecfil Racing Team, a assumiu a quinta posição. Na volta seguinte, iniciou o seu embate que duraria por quase toda a corrida. O piloto natural de Londrina (PR) acelerou forte sua Ninja ZX-10R de numeral 15 e cravou a marca de 1m37s700, fechando seu novo recorde na pista de Interlagos. Com isso, passou à frente de José Luiz “Cachorrão”, da Honda Racing Team, e pulou para o quarto lugar. Porém, o adversário não entregou fácil a posição.

Após uma longa disputa entre os dois, Cachorrão conseguiu retomar o quarto lugar já no final da corrida e abriu a última volta na frente. Praticamente lado a lado, os pilotos entraram juntos na subida para a Reta dos Boxes – Wesley por fora e Cachorrão mais pelo centro da pista – e Wesley acabou cruzando a linha de chegada primeiro por apenas 13 milésimos de diferença.

“Consegui baixar meu recorde pessoal e virei 1m37s700. A cada corrida estamos melhor. Creio que, com os acertos que vamos fazer no set-up da moto, a gente consiga baixar ainda mais esse tempo e brigar pelas três primeiras posições”, comentou Wesley.

Já Bruno Corano fez uma corrida constante e manteve a sétima posição na categoria PRO por quase toda a prova. Sem ritmo para alcançar o sexto colocado, Corano defendeu a posição e não permitiu a aproximação de Davi Costa, da JC Racing Team, que vinha logo atrás. Com isso, o piloto da Kawasaki foi o sétimo a receber a bandeirada.

Agora a equipe Kawasaki Racing Team se prepara para a terceira etapa do SuperBike Brasil, prova que será realizada nos dias 23, 24, e 25 de junho, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).

Texto: VGCOM
Foto: Marcos M. Carmona/VGCOM – Divulgação

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: