Vitória de Thiago Vivacqua no Europeu de Formula Três

3 de julho de 2017

O brasileiro Thiago Vivacqua teve um de seus fins de semana mais produtivos na Campeonato Europeu de Fórmula Três  – EuroFormula Open nesta temporada 2017. Correndo em Hungaroring, na Hungria, Vivacqua venceu a primeira corrida válida pela  quarta apa do campeonato, no sábado (01) e ficou em sétimo na segunda corrida, na manhã deste domingo (02). Com os resultados, Thiago subiu duas posições na classificação do campeonato de pilotos e agora ocupa a quarta colocação, com 81 pontos. A vitória na primeira corrida foi a primeira do piloto e da equipe Campos Racing em 2017.

O sábado em Hungaroring não foi bom apenas para Thiago, mas também para a equipe Campos Racing, que colocou três pilotos nas duas primeiras filas do grid na classificação e terminou com uma dobradinha no pódio, já que o finlandês Simo Laaksonen ficou com a segunda colocação na corrida. O terceiro lugar ficou com o russo Nikita Troitskiy.

Após não conseguir resultados tão bons na etapa francesa de Paul Ricard, Thiago ficou feliz em poder voltar a andar na frente e mais ainda por vencer sua primeira corrida no campeonato. “Depois da corrida em Paul Ricard, nós voltamos para a base em Valência e trabalhamos duro noite e dia para corrigir os problemas. Mas agora nós conseguimos fazer 1º, 2º e 3º na classificação e então conseguimos recuperar pontos importantes que escaparam em Paul Ricard. Fui com tudo para cima na largada e dessa vez funcionou. Consegui ir para a ponta na primeira curva. Algumas vezes isso não funciona, mas dessa vez funcionou. E eu acho que eu consegui fazer uma boa corrida e manter um bom ritmo”,  afirmou.

No domingo, largando da quarta fila (sétimo lugar), Thiago tentou atacar novamente para ganhar posições logo na primeira curva, mas teve que tirar o pé para não se envolver em nenhum incidente. Vivacqua manteve a sétima colocação até o fim da prova. “Para a corrida de hoje não foi tão favorável, largar da quarta fila é mais difícil, já que a pista não dá tantas condições para ultrapassagens. Eu ainda tentei ganhar algumas posições na saída, mas tive que segurar para não me envolver em nenhum incidente. Ainda acabei tocando em alguém, ou alguém tocou em mim e danificou um pouco a asa dianteira. Mas foi bom, conseguimos pontuar e continuar na briga”, avaliou o piloto do carro número dois.

A vitória da segunda corrida foi do britânico Harrison Scott, o atual líder do campeonato, o segundo lugar foi do russo Nikita Troitskiy e o terceiro o sul-africano Raoul Hyman. Na primeira corrida, o brasileiro largou da terceira posição, assumiu a liderança logo na primeira curva e manteve a posição até o final.

Agora a categoria faz uma pausa de dois meses até a quinta etapa, em Silverstone, na Inglaterra, nos dias dois e três de setembro, abrindo a segunda metade da temporada.

Texto: FGCom/Divulgação.

Fotos: Fotospeedy/Divulgação.

 

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: