Danilo Lewis confirma participação na quarta etapa do SBK Brasil

20 de julho de 2017

Ainda sem ter alcançado bons resultados nesta temporada do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, Danilo Lewis, da equipe Tecfil Havoline Racing Team, parte para a quarta rodada da competição, que ocorre neste final de semana no Autódromo de Interlagos, em busca da reabilitação tanto na tabela classificatória quanto em seu condicionamento físico.

O atual vice-campeão Brasileiro rompeu o ligamento do joelho direito após uma queda sofrida ainda nos treinos livres da última rodada. A boa notícia é que Lewis já está apto a retornar às pistas. O piloto passou por sessões de fisioterapia e, na última semana, reiniciou os treinos físicos. “Já deu para voltar a treinar, apesar de não estar 100%”, comentou Lewis.

Para a quarta etapa, que inicia com os treinos extraoficiais nesta quinta-feira (20), o piloto de Osasco (SP) terá que superar os contratempos acumulados nas primeiras rodadas para enfim buscar o primeiro pódio do ano. E se depender dos mecânicos da Tecfil, Lewis estará um passo mais próximo de seu objetivo. “A equipe está trabalhando duro e a moto está ainda melhor que na etapa anterior”, destacou o piloto, sobre a nova BMW S1000R 2017 utilizada nesta temporada.

Concentrado e com foco totalmente direcionado à corrida deste domingo (23), Danilo Lewis deixou para trás os inúmeros incidentes que mercaram a terceira etapa do SuperBike Brasil. Após a queda nos treinos livres que causou a lesão no seu joelho direito, Lewis caiu novamente, desta vez sem gravidades, nas sessões classificatórias. Ainda assim, obteve um bom desempenho na SuperPole e garantiu a oitava melhor volta com o tempo de 1m38s408.

Já na prova, tudo parecia correr bem. Apesar de ainda sentir um pouco de dor, Danilo Lewis teve um bom início de corrida, fez algumas ultrapassagens e pulou para a sexta posição. Porém, o rompimento de um parafuso do pedal do câmbio exigiu que o piloto retornasse aos boxes para a substituição da peça. “Não dava para mudar de marcha. Se não fizesse a troca ficaria com a terceira engata durante toda a corrida toda”, conta o piloto.

A parada nos boxes coincidiu com o início de um procedimento de bandeira Amarela, momento em que os pilotos devem reduzir a velocidade e manter suas posições. Este acaso parecia estar ao lado de Danilo Lewis. O piloto da Tecfil teria tempo suficiente para finalizar o pit stop e voltar à pista junto do pelotão. Porém, por uma falha da Direção de Prova, a moto de Lewis foi confundida com a de outro piloto que estava soltando óleo na pista e com isso recebeu bandeira preta – ou seja, a desclassificação.

“Foi um pesadelo. A organização se atrapalhou um pouco. Mas isso acontece e bola para frente”, disse Lewis. Pelas mídias sociais, o piloto comentou sobre o incidente: “Assim que voltei para prova me deram bandeira Preta. Eu, preocupado, olhei e não vi nada. Mas pensando nos demais pilotos, recolhi para os boxes, achando que estava com algum problema. Porém, não tinha a absolutamente nada. Novamente saio, somente para completar a corrida”.

Apesar deste infeliz episódio, Danilo Lewis somou seis pontos e encerrou a terceira etapa com o 10º lugar na SuperBike – a categoria de elite do SuperBike Brasil. Atualmente ocupando a nona posição no classificatório geral, com 16 pontos, Lewis tem uma importante missão pela frente: deixar para trás as adversidades para, enfim, voltar a ser um dos protagonistas da competição. “Vou dar o meu máximo para terminar o campeonato o mais para cima da tabela. Meu objetivo é ficar entre os três primeiros”, resume o piloto.

A programação de pista começa nesta sexta (21), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), com a realização dos treinos livres para a quarta etapa do SuperBike Brasil. No sábado ocorrem as sessões classificatórias e a largada está programada para as 12h de domingo (23).

Texto: VGCOM
Foto: Marcos M. Carmona / VGCOM – Divulgação

Copyright© 2007-2017 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: