Beto Monteiro fica com quarto lugar após corrida de recuperação

23 de julho de 2017

Beto Monteiro teve uma participação atribulada na quarta etapa da Copa Truck, que definiu neste domingo (23), a classificação da Copa Nordeste, segundo dos três minitorneios da categoria. Fora da primeira corrida por conta de um problema verificado durante a formação do grid no Autódromo Virgílio Távora, localizado na cidade do Eusébio (CE) o pernambucano largou em último na prova final e cruzou a linha de chegada em quarto lugar.

“Tive um problema na válvula de freio no grid. Tive que tirar o caminhão da pista logo na saída para a volta de apresentação, para reparar o problema”, descreveu Monteiro. “Aí deixei para largar por último na segunda. O caminhão suportou bem a corrida. Eu lutei muito para ganhar posições, é uma pista difícil para fazer ultrapassagens. Esse quarto lugar foi como uma vitória para a gente, diante dos problemas de última hora que tivemos”, disse.

Primeiro campeão da Copa Truck – conquistou o título da Copa Centro-Oeste, que compreendeu as etapas de maio e junho em Goiânia e em Campo Grande –, Monteiro ficou em sétimo lugar na pontuação da Copa Nordeste. O campeão foi o paulista Felipe Giaffone, que levou o Volkswagen-MAN da RM Competições a uma vitória e um segundo lugar em Fortaleza. A Copa Sudeste terá início no dia 15 de outubro na cidade mineira de Curvelo.

Apesar de ter frustrada a expectativa de brindar a torcida nordestina com a vitória em Fortaleza, onde ocupou o terceiro lugar no grid, o pernambucano da Lucar Motorsports viu um saldo positivo. “Mostramos força e saímos daqui contentes e satisfeitos, seguindo em frente e já trabalhando pelo título da Copa Sudeste”, comentou Monteiro, que exibe no caminhão número 88 as cores e logos de Iveco, Turbos Garrett e Radiex.

 
Foto: Stephan Eilert
Texto: Luc Monteiro/Grelak Comunicação.

Copyright© 2007-2016 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: