Kawakami fica em décimo na abertura da Rookies Cup

6 de maio de 2018

Red Bull Race Race 1, Spanish MotoGP 5 May 2018

Meikon Kawakami não escondeu sua decepção ao término da primeira etapa do Red Bull MotoGP Rookies Cup. O piloto brasileiro de 16 anos obteve o décimo lugar na primeira corrida do evento em Jerez de La Frontera, na tarde de sábado (5), e foi 16º na prova final, disputada neste domingo (6), depois de enfrentar problemas com o acerto de seu equipamento. Ele finaliza a abertura de temporada no circuito espanhol como 15º colocado no campeonato.

Décimo no grid, Meikon Kawakami perdeu posições na largada de sábado e completou a primeira volta em 14º. Caiu para 16º na volta seguinte e passou a recuperar posições. “Minha largada não foi das melhores. Para piorar, na segunda curva levei um toque e perdi posições. Na segunda volta, vi que o grupo da frente estava todo agrupado, sabia que tinha de atacar, e quando tentei freei forte demais, perdi o traçado e mais duas posições”, contou.

Kawakami era 13º na quinta volta. Revezou o 12º lugar com o norte-americano Sean Kelly até se estabelecer na posição, na oitava volta. Na nona, assumiu o nono lugar, liderando o segundo pelotão – os oito primeiros estavam mais de 10 segundos à frente. Herdou o oitavo lugar na 13ª volta, quando o finlandês Peetu Paavileinen abandonou a prova após uma queda. Nas duas voltas finais acabou superado por Kelly e pelo espanhol Adrián Carrasco.

“A primeira corrida não foi uma corrida fácil. A temperatura estava muito alta, o que sempre dificulta as coisas. Na verdade eu não cometi nenhum erro, mas aquela perda de posições na largada sacrificou o resultado”, ponderou Kawakami. A expectativa de reação na segunda corrida, também largando da décima posição, esbarrou novamente na perda de posições no início da corrida – ele fechou a primeira das 16 voltas como 16º colocado.

O piloto brasileiro esboçou uma recuperação. Era 12º colocado ao fim da segunda volta e ganhou mais uma posição na quarta. A partir disso, amargou perda de posições até figurar em 16º, sua posição ao final. “Fizemos mudanças no equipamento que parecem ter ajudado numa parte da pista, mas acabaram atrapalhando na outra. Não me senti bem com a moto em nenhum momento, a sensação era incômoda, não consegui manter o ritmo”, resumiu.

Texto: Grelak
Foto: Gold & Goose/Red Bull Content Pool – Divulgação

Copyright© 2007-2018 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização</h3

Tags: