Hamilton vence fácil um GP sem muitas emoções

14 de maio de 2018

Por Robério Lessa – A Fórmula Um desembarcou neste fim de semana em uma das pistas mais conhecidas pelos atores do grande circo da velocidade. O circuito da Catalunya, na região de Barcelona, é palco de testes e isso permite às escuderias a se debruçarem no incrível manancial de dados quanto ao comportamento dos carros e buscar tirar o maior proveito disso.

No GP espanhol  é comum o anúncio de atualizações que resultam em melhoria da performance, como é o caso da McLaren, que nas mãos de Fernando Alonso andou bem, mas quem mostrou o melhor desempenho foi a Mercedes, no caso a guiada por Lewis Hamilton, que liderou todos os treinos, cravou a pole position e, em uma corrida onde as emoções maiores ficaram restritas ao acidente na primeira volta e algumas disputas no bloco intermediário, o britânico não teve problemas para cruzar a linha de chegada em primeiro, com uma vantagem de 20.593s sobre o segundo colocado, seu colega Valtteri Bottas.

Nas primeiras corridas do ano os diretores do time alemão bradaram aos quatro ventos que a Ferrari estaria com alguma artimanha para ter motores mais potentes. E agora?

O fato é que ver a Mercedes com toda essa força só alegra os germânicos e deixa a categoria com uma monotonia capaz de afugentar os mais apaixonados por corridas.

E por falar em corrida, o Grande Prêmio da Espanha, disputado neste domingo (13) mostrou um Romain Grosjean, no mínimo irresponsável, ao tentar corrigir a saída da sua Haas dando pé no acelerador, acarretando em um acidente que poderia ter sido de proporções desastrosas. A pressão que passa, e que principalmente ele tem sobre si, coloca-o como um piloto imprevidente, capaz de esquecer as mais básicas noções de segurança. Infelizmente, ele repete a inconstância vista no início da carreira, no entanto, há de se rogar que supere logo esse momento como o fez outrora. Para seu bem e da categoria.

A bobagem de Romain Grosjean pôs fim à prova de Nico Hulkemberg (Renault) e Charles Leclerc (Toro Roso), que reclamaram bastante do colega de profissão que ainda ão marcou nenhum ponto este ano, enquanto Kevin Magnussen já marcara 22 com a outra Haas. 

O alemão Sebastian Vettel e a Ferrari sofreram outro golpe na temporada. Não bastasse o verdadeiro desastre do GP passado, em Barcelona, o tetracampeão foi superado pelo holandês Max Verstappen (Red Bull) nos boxes, na troca de pneus. O alemão cruzou a linha de chegada a mais de 27 segundo de atraso em relação a Hamilton.

Para alívio da Ferrari, a próxima etapa do Mundial de Fórmula Um acontece nas ruas do  Principado de Mônaco, onde os motores não fazem tanta diferença, e é possível tirar a diferença de potência no braço e com um carro bem equilibrado.

A vitória de Hamilton  coloca-o agora com 95 pontos na classificação do Mundial de Pilotos, 17 a mais que Vettel, o segundo colocado com 78 pontos.

Confira o resultado do GP da Espanha:
01 Lewis Hamilton 
02 Valtteri Bottas  +20.593
03 Max Verstappen  +26.873
04 Sebastian Vettel+27.584
05 Daniel Ricciardo +50.058
06 Kevin Magnussen + Uma Volta
07 Carlos Sainz + Uma Volta
08 Fernando Alonso + Uma Volta
09 Sergio Perez + Duas Voltas
10 Charles Leclerc + Duas Voltas
11 Lance Stroll + Duas Voltas
12 Brendon Hartley + Duas Voltas
13 Sergei Sirotkin + Três Voltas

Não completaram a prova
Stoffel Vandoorne
Esteban Ocon
Kimi Raikkonen
Roamin Grosjean
Pierre Gasly
Nico Hulkenberg

Confira a classificação do Mundial de Pilotos:
01 L. Hamilton 95 Pontos
02 S. Vettel 78 Pontos
03 V. Bottas 58 Pontos
04 K. Raikkonen 48 Pontos
05 D. Ricciardo 47 Pontos
06 M. Verstappen 33 Pontos
07 F. Alonso 32 Pontos
08 N. Hulkenberg 22 Pontos
09 K. Magnussen 19 Pontos
10 C. Sainz 19 Pontos
11 S. Perez 17 Pontos
12 P. Gasly 12 Pontos
13 C. Leclerc 9 Pontos
14 S. Vandoorne 8 Pontos
15 L. Stroll 4 Pontos
16 M. Ericsson 2 Pontos
17 E. Ocon 1 Ponto
18 B. Hartley 1 Ponto

Confira a classificação do Mundial de Construtores:
01 Mercedes AMG Petronas Motorsport 153Pontos
02 Scuderia Ferrari 126 Pontos
03 Red Bull Racing 80 Pontos
04 Renault Sport Formula One Team 41 Pontos
05 McLaren F1 Team 40 Pontos
06 Haas F1 Team 19 Pontos
07 Sahara Force India F1 Team 18 Pontos
08 Red Bull Toro Rosso Honda 13 Pontos
09 Alfa Romeo Sauber F1 Team 11 Pontos
10 Williams Martini Racing 04 Pontos

Texto: Robério Lessa
Fotos: Mercedes GP Petronas F1/Divulgação.

Copyright© 2007-2018 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: