GP da Inglaterra promete briga entre Vettel e Hamilton

6 de julho de 2018

Neste domingo (08) a Fórmula Um realiza seu último GP antes das férias europeias e a briga entre os dois tetracampeões mundiais deve ser a tônica do Grande Prêmio da Inglaterra, no Autódromo de Silverstone.

No primeiro treino livre Lewis Hamilton fez o tempo mais rápido completando sua melhor volta em 1min27,487s à frente de seu companheiro de Mercedes, o finlandês Valteri Bottas, que ficou com a segunda marca. Sebastian Vettel marcou o terceiro melhor tempo.

No segundo treino livre foi a vez do alemão marcar a melhor volta encerrando o dia com a marca de 1min27,552s, enquanto o inglês ficou com o segundo tempo. 

Mesmo tendo virado mais rápido que seu oponente da Ferrari (Levando-se em conta os tempos dos dois treinos), Hamilton sabe que a Mercedes precisa dar a volta por cima na Inglaterra após o fracasso na Áustria quando seus dois carros não completaram a prova. 

Motivado por correr em seu país, Hamilton pode conseguir a sexta vitória em Silverstone, mas Vettel, que lidera a competição com um ponto a mais, vai fazer de tudo para atrapalhar os planos do adversários e conseguir manter-se à frente na briga pelo título.

A corrida terá 52 voltas. Como de costume, a preocupação com a chuva é uma constante, apesar das previsões apontarem tempo firme sábado (07), e nublado no domingo (08).

Os níveis de downforce (força aerodinâmica que cria pressão contra o solo) em Silverstone são elevados e proporcionam muita aderência aerodinâmica nas rápidas curvas da primeira metade do circuito. O traçado plano e veloz é uma herança do tempo em que o local era um aeroporto militar. Isso faz com que o autódromo seja suscetível a ventos inconstantes, que podem afetar o equilíbrio aerodinâmico e o desgaste dos pneus.

Este ano há a novidade da adoção da terceira zona de DSR, o que pode permitir um maior número de ultrapassagens.

Este será o 68º GP da Inglaterra, e 51º realizado em Silverstone, que recebeu a F1 pela primeira vez em 1950. Continuou a ser o palco do evento até 1954, antes de o dividir com o Circuito de Aintree, em Liverpool, entre 1955 e 1962, e Brands Hatch, em Longfield, entre 1963 e 1986. Mas em 1987 Silverstone tornou-se definitivamente a casa do Grande Prêmio inglês.

Ficha Técnica do GP da Inglaterra:
Perímetro: 5,891 km
Número de voltas: 52
Distância de corrida: 306.198 km
Corrida: 10h10min.

Texto: Robério Lessa
Fotos: Ferrari/MercedesGP-Divulgação.

Copyright© 2007-2018 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: