Vitória de Vettel em uma corrida empolgante

8 de julho de 2018

Por Robério Lessa – Neste domingo (08) a Fórmula Um voltou a registrar o que há muito não se via em suas corridas. O Grande Prêmio da Inglaterra, disputado no Autódromo de Silverstone, foi marcado pela disputa entre Ferrari e Mercedes envolvendo quatro pilotos que, desde a largada, protagonizaram os melhores momentos da corrida vencida pelo alemão Sebastian Vettel, da Ferrari.

Na largada, o piloto do carro número cinco pulou à frente da Mercedes 44 de Lewis Hamilton. Este acabou sendo tocado pela Ferrari de Kimi Raikkonen (que foi punido com uma parada de 10 segundos pela batida em Hamilton) enquanto seu compatriota Valtteri Bottas colocava a segunda Mercedes na segunda posição, atrás da Ferrari de Vettel. 

Caindo para a última posição, Hamilton fez uma corrida de recuperação e, antes da metade da prova, alcançou o quarto posto, mas o melhor do GP da Inglaterra estava por vir.

Nas 10 últimas voltas, após uma troca de pneus, Vettel foi superado por Bottas, enquanto Kimmi Raikkonen superava Max Verstappen e partia para cima de Lewis Hamilton. 

Valtteri Bottas ambicionava sua primeira vitória na temporada e decidiu manter-se com os pneus médios mais gastos mesmo com as duas entradas do Safety Car.

Kimmi conseguia superar a Red Bull de Max e colava em Hamilton, que via à sua frente seu companheiro de equipe perder o primeiro posto para seu oponente maior na corrida do título. Após uma manobra limpa e executada com maestria, Vettel tratou de acelerar forte para se distanciar da Mercedes de Bottas. Na volta seguinte, numa tentativa de buscar conter a liderança da Ferrari, o time alemão liberou a passagem de Hamilton sobre Bottas.

Com pneus menos gastos, Vettel manteve a  liderança da corrida, enquanto seu companheiro de escuderia superava a segunda Mercedes. Sem mais tempo para qualquer tentativa dos dois carros prateados contra os carros vermelhos, o GP da Inglaterra de 2018 viu o alemão Sebastian Vettel comemorar bastante a conquista de sua 51ª vitória, iguala-se a Alain Prost em número de vitórias e tornar-se o terceiro piloto com maior número de vitórias na Fórmula Um, atrás de Hamilton e Michael Schumacher.

A próxima etapa acontece dia 22 de julho em Hockenhein, com a disputa do GP da Alemanha.

Confira como terminou a corrida deste domingo:.
01 Sebastian Vettel  
02 Lewis Hamilton a 2.264s
03 Kimi Raikkonen a 3.652s
04 Valtteri Bottas a 8.883s
05 Daniel Ricciardo a 9.500s
06 Nico Hulkenberg a 28.220s
07 Esteban Ocon a 29.930s
08 Fernando Alonso a 31.115s
09 Kevin Magnussen a 33.188s
10 Pierre Gasly  a 34.129s
11 Sergio Perez  a 34.708s
12 Stoffel Vandoorne a 35.774s
13 Lance Stroll a 38.106s
14 Sergey Sirotkin a 48.113s
15 Max Verstappen a uma volta.

Não completaram a prova:
– Romain Grosjean 
– Carlos Sainz 
– Marcus Ericsson
– Charles Leclerc 
– Brendon Hartley

Confira a classificação do Mundial de Pilotos após 10 etapas:
01 Sebastian Vettel 171 pontos
02 Lewis Hamilton 163 pontos
03 Kimi Raikkonen 116 pontos
04 Daniel Ricciardo 106 pontos
05 Valtteri Bottas 104 pontos
06 Max Verstappen 93 pontos
07 Nico Hulkenberg 42 pontos
08 Fernando Alonso 40 pontos
09 Kevin Magnussen 39 pontos
10 Carlos Sainz 28 pontos
11 Esteban Ocon 25 pontos
12 Sergio Perez 23 pontos
13 Pierre Gasly 19 pontos
14 Charles Leclerc 13 pontos
15 Romain Grosjean 12 pontos
16 Stoffel Vandoorne 8 pontos
17 Lance Stroll 4 pontos
18 Marcus Ericsson 3 pontos
19 Brendon Hartley 1 ponto

Confira a classificação do Mundial de Pilotos:
01 Ferrari 287 pontos
02 Mercedes 267 pontos
03 Red Bull/Renault 199 pontos
04 Renault 70 pontos
05 Haas/Ferrari 51 pontos
06 Force India/Mercedes 48 pontos
07 McLaren/Renault 48 pontos
08 Toro Rosso/Honda 20 pontos
09 Sauber/Ferrari 16 pontos
10 Williams/Mercedes 4 pontos

Texto: Robério Lessa
Fotos: Ferrari/MercedesGP-Divulgação.

Copyright© 2007-2018 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: