Augusto Farfus tem bom desempenho em Zandvoort

16 de julho de 2018

Marcando a metade da temporada 2018 do DTM, a quinta etapa do calendário terminou neste domingo (15) em Zandvoort, na Holanda, com um resultado muito positivo para o brasileiro Augusto Farfus, que fechou a prova na quinta colocação com sua BMW M4 DTM.

A prova foi bem movimentada, repleta de ultrapassagens, mesmo em uma pista estreita e com poucos pontos para manobras agressivas, e o brasileiro teve uma ótima performance desde o início. Após largar em oitavo, Farfus avançou uma posição ainda nas primeiras voltas.

Dentro da estratégia, Farfus fez sua parada obrigatória na nona volta e retornou à pista dentro do top-10, mesmo quando nem todos tinham feito seus pit-stops, e mantendo um ótimo ritmo de corrida. Já na volta 20, Farfus proporcionou um dos momentos mais emocionantes da corrida, quando realizou uma ultrapassagem dupla para cima de Nico Müller e Pascal Wehrlein, da Audi e Mercedes, respectivamente, pulando para a sexta colocação.

Faltando pouco mais de 20 minutos para o término, um toque de Jamie Green (Mercedes) em Bruno Spengler (BMW) na briga pela 13ª posição fez o companheiro de Farfus sair da pista e obrigou a entrada do safety-car. Na relargada em fila dupla, o brasileiro foi muito bem e logo ultrapassou Mike Rockenfeller, da Audi, pulando para a quinta colocação, a qual manteve até o final das 35 voltas totais.

A vitória da prova ficou com René Rast, da Audi, seguido por Gary Paffett e Paul di Resta, ambos da Mercedes. No top-5, Farfus foi o segundo melhor entre os representantes da BMW.

Com quinto lugar na etapa – seu melhor resultado no ano até agora – e o oitavo do dia anterior, Farfus subiu mais uma posição no campeonato. O desempenho do curitibano na pista holandesa, além de manter seu bom retrospecto no circuito, traz novos ânimos para uma reação na segunda metade da temporada.

“Tivemos uma corrida forte hoje. Encontramos um bom equilíbrio para o acerto do carro aqui em Zandvoort, e saímos otimistas para ter um segundo semestre bom. Este balanço e o feeling do carro estão melhorando, então o que tiramos daqui é uma boa base para as próximas etapas. Vamos continuar os trabalhos durante as próximas semanas para o mês de agosto, que será bastante intenso”, declarou.

O DTM tem agora um intervalo de quase um mês, e retoma suas disputas em outro tradicional circuito europeu, entre os dias 10 e 12 de agosto, em Brands Hatch. Na semana seguinte, também na Inglaterra, ele corre as 6 Horas de Silverstone, pelo WEC. 

Confira os resultados da corrida 2 em Zandvoort:

1 – René Rast (Audi) – Rosberg – 35 voltas 56’44″864
2 – Gary Paffett (Mercedes) – HWA – 0″824
3 – Paul Di Resta (Mercedes) – HWA – 1″349
4 – Philipp Eng (BMW) – RMR – 1″825
5 – Augusto Farfus (BMW) – RMG – 2″123
6 – Pascal Wehrlein (Mercedes) – HWA – 3″200
7 – Nico Muller (Audi) – Abt – 4″883
8 – Edoardo Mortara (Mercedes) – HWA – 6″302
9 – Lucas Auer (Mercedes) – HWA – 8″864
10 – Timo Glock (BMW) – RMR – 9″177
11 – Joel Eriksson (BMW) – RBM – 9″818
12 – Daniel Juncadella (Mercedes) – HWA – 10″404
13 – Bruno Spengler (BMW) – RBM – 13″709
14 – Jamie Green (Audi) – Rosberg – 26″500
15 – Loic Duval (Audi) – Phoenix – 40″438
16 – Mike Rockenfeller (Audi) – Phoenix – 43″370
17 – Marco Wittmann (BMW) – RMG – 1’10″745
Não completou:
Robin Frijns (Audi) – Abt

Texto: Eversports
Foto: BMW – Divulgação

Copyright© 2007-2018 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: