Etapa da Copa Nordeste de Kart é realizada com sucesso no Ceará

21 de agosto de 2018

Por Robério Lessa – A expectativa era grande em torno da realização, no último sábado (18), da terceira rodada dupla do Campeonato Cearense de Kart, disputada no Kartódromo Marcelino Tomaz, em Morada Nova, prova também válida pela segunda etapa da Copa Nordeste de Kart, campeonato idealizado pelos clubes e federações de automobilismo do Ceará, Paraíba e Sergipe.

Na pista os pilotos disputaram duas baterias nas categorias Cadete, F4 e Graduados 2T, e o que se viu foi um verdadeiro espetáculo de competitividade e provas de excelente nível técnico.

Na categoria Cadete um show à parte de Júlia Cabral que conseguiu andar forte e mostrou superioridade em relação a Gustavo Victor e Alícia Aguiar que faziam sua estreia nas competições, no entanto, o resultado era o que menos importava naquele dia para a organização do evento, já que a corrida se tornaria emblemática, e só não teve mais concorrentes por problemas pessoais que impediram os outros quatro concorrentes de participar.

Havia duas décadas que não era realizada corrida na categoria cadete, a categoria para quem inicia os caminhos no kart a partir dos seis anos de idade, e de fundamental importância para o surgimento de futuros campeões.

“O que tivemos aqui hoje foi mais um capítulo dessa História do Cearense de Kart. É de fundamental importância que façamos tudo para ver ressurgir essa categoria, afinal, precisamos de renovação e, muito embora tenhamos novos pilotos na F4, é na Cadete onde tudo começa”, enfatizou Lutianne Soares, presidente do CLube de Kart do Ceará (Cekart), entidade que organiza a competição cearense.

Na categoria F4 um grid maiúsculo mostrou a força da organização e dos clubes e federações de automobilismo do Ceará, Paraíba e Sergipe. Foram 27 karts alinhados no grid e duas baterias de empolgar os presentes à praça esportiva. 

O vencedor foi o sergipano Matheus Menezes que teve de superar vários oponentes para conseguir chegar ao lugar mais alto do pódio, destaque para o paraibano Élder Jr. e o cearense Marcio Dobel.

Élder é o calo no sapato dos cearenses e lidera o campeonato local com 14 pontos de diferença para o segundo colocado, o cearense Daniel Barbosa. Na briga entre paraibano e sergipano, Matheus acabou levando a melhor e o que era uma viagem de férias se tornou uma grande conquista.

“Aproveitando umas férias resolvi conhecer o Ceará, o kartódromo de Morada Nova e fazer a etapa do Cearense válida pela Copa Nordeste. A expectativa era de tentar andar junto dos grandes pilotos da categoria. Treinei bastante durante toda a quinta e sexta, e junto com meu preparador conseguimos achar o acerto ideal para a pista e a alta temperatura. Felizmente tudo saiu melhor que o esperado, consegui a pole position nas duas provas. Na primeira corrida após ótimas disputas entre os primeiros, acabei chegando na terceira posição. Na corrida seguinte consegui manter um excelente ritmo e praticamente liderei de ponta a ponta.  Estou muito feliz em poder participar desta festa de fortalecimento do kartismo no Nordeste  e a vitória foi o prêmio pelos 1.100 quilômetros rodados para chegar até aqui”, salientou Matheus.

Élder, que foi segundo lugar destaca a disputa e comemora o resultado que o manteve mais forte ainda na disputa do cearense. Ele também espera poder andar forte nas próximas etapas da Copa Nordeste em Sergipe e na Paraíba.

“Foi um dia de muita disputa. esse segundo lugar me cai como uma vitória, pois não tive vida fácil em nenhum momento, para onde você olhasse estava ali tentando proteger a posição e atacar o adversário, foi bastante desgastante. Estou feliz porque somamos mais uns pontinhos na classificação-geral do Cearense de Kart, e isso é importante”, salientou Élder.

Marcio Dobel, terceiro colocado, é um exemplo de que o adágio “quem foi rei nunca perde a majestade” é verdadeiro. Bicampeão cearense de kart na categoria F4, tido como um dos mais técnicos pilotos do estado, ele voltou a competir após três anos afastado, tempo esse ao qual se dedicou às corridas de biclicleta (Bike Cross).

Dono do kart de número 13, Dobel mostrou que ainda “tem muita garrafa para vender”, e que vai dar trabalho aos mais novos. “Estou de volta”, avisou um sorridente veterano que comemorou bastante o pódio na competição regional.

“Hoje é um dia feliz! Diante de tantos fortes adversários, chegar aqui e andar de igual a essa moçada é revigorante. Quero agradecer à minha esposa pelo apoio e por ter vindo comigo acompanhar essa jornada. Dedico à ela esse troféu”, completou.

Daniel Barbosa, que começou no kart disputando o Campeonato Pernambucano, no qual é Bicampeão na F4, foi o quarto colocado e também teve de garantir o resultado após perder e ganhar posições na pista cearense.

“Foi uma etapa de muita expectativa, pois queria poder dar meu melhor no meio de um grid tão cheio e bonito como esse e poder prevalecer no meio de tantos bons competidores. Infelizmente nossos planos não aconteceram como o previsto. Após fazer um excelente warm-up, arriscamos a estratégia de usar pneus novos e uma pequena mudança de acerto para tentar melhorar e dar um tiro certo, mas infelizmente o tiro saiu pela culatra. O comportamento do kart ficou horrível e meu tempo subiu em mais de meio segundo, o que me fez largar em P9. Reconhecendo nosso erro, eu e o Ju, meu preparador, voltamos ao acerto do warm-up e, na volta de apresentação já deu pra sentir a melhora súbita. A ânsia de ganhar posições na largada me fez retardar o máximo a primeira freada, mas devido a pista suja, errei o ponto e pra não bater em outro piloto, acabei rodando, acabando minha chance de vitória. Na segunda bateria fiz uma corrida mais cautelosa e fiz muitas ultrapassagens pra escalar posições, mas os líderes já haviam tomado muita distância.  aio desta etapa mais uma vez chateado por não conseguir ainda quebrar o tabu de vencer no somatório das duas corridas e subir no ponto alto do pódio em casa, e por erros exclusivamente meus, mas vamos trabalhar duro pra conseguir esse feito na próxima rodada. Agora é pensar na próxima etapa do paraibano, que ocorre este fim de semana”, relatou Barbosa.

Na categoria Graduados 2T quem levou a melhor foi o cearense Thiago Barbosa com Igor Figueiredo em segundo; Igor Borges, em terceiro; Augusto Aguiar, em quarto e Lutianne Soares, em quinto.

Após a etapa cearense, a Copa Nordeste segue para Sergipe e depois para a Paraíba (última etapa). Os clubes estão estudando, para o ano que vem, a entrada de outros estados.

Texto: Robério Lessa.
Fotos: Mario Ferreira – @Carrosecorridas

Copyright© 2007-2018 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: