Mauro Reis analisa temporada de estreia no Cearense de Kart

11 de novembro de 2018

Por Robério Lessa – Foi no dia 26 de maio de 2018 que  ele estreou em competições oficiais de kart, alinhando seu kart número 100 na pista do Kartódromo Marcelino Tomaz, em Morada Nova, e neste último sábado (10),  Mauro Reis, que tem o apoio da DAG/Merchant/Grupo J.Sleiman/M.Reis Logística, encerrou sua primeira temporada no Campeonato Cearense de Kart.

Há quase sete meses, Mauro estreava com vitória e começava ali sua batalha em busca do título na categoria F4 Light. aos poucos, o “novato experiente”, como ele mesmo se define, já que decidira entrar para o Kart aos 52 anos, mostrou que é possível superar algumas barreiras que são colocadas para as pessoas após os 50 anos e, com a vitalidade de um jovem, dedicou-se aos treinos físicos e na pista de Morada Nova, onde ia sempre que possível junto com outros pilotos e  se notabilizava por ser o piloto que mais completava voltas nos treinos extra-oficiais.

Mauro viu que não era o único na categoria que poderia vencer. enfrentou fortes concorrentes em uma categoria de estreantes que mostra ser a porta de bons pilotos para as demais categorias. A F4 Light teve um ano recheado de competitividade com muitas possibilidade e seis pilotos chegando à final com chances de título.

Apesar dos esforços na pista, Mauro Reis terminou a temporada na terceira colocação da classificação-geral, mas não lamentou a perda do título, reconheceu seus erros e já coloca em meta a temporada de 2019.

“A maior vitória que tive no kart foi o prazer de pilotar e os novos amigos que conquistei dentro e fora da pista , esse ano conheci o mundo da velocidade e tenho certeza que tudo foi muito proveitoso é intenso. Tenho certeza que minha escolha para esse novo esporte foi acertado é positivo. Antes estava totalmente acomodado e com 105 kg hoje me sinto muito bem na preparação física e mentalmente. O kart tem sido um incentivador para minha saúde e isso não tem preço. Terminei todas as etapas que participei do campeonato é isso pra mim já é uma grande vitória. No próximo ano vou andar em nova categoria (F4 A), não será diferente irei pra cima como sempre fiz esse ano com muita vontade e determinação. Esse é meu maior troféu. Não tenho tempo para lamentações, além disso terei mais duas decisões este ano uma dia dois de dezembro Na Copa Nordeste de Superturismo, e outra no dia Oito de Dezembro, na Copa Nordeste de Kart, no Kartódromo Paladino. Quero agradecer a Deus e a minha família por tudo, além de todos na equipe, eles foram maravilhosos o ano inteiro. Que venha 2019!”, afirmou Mauro, que mesmo perdendo o título conseguia sorris e enxergar o lado positivo das coisas.

O Cearense de Kart é disputado nas categorias Graduados A, Graduados B, F4, F4 Light e Cadete. A próxima etapa da competição acontece dia 10 de novembro, também em rodada tripla no Kartódromo de Morada Nova. A competição é organizada pelo Clube de Kart Cearense (Cekart), com a chancela da Federação Cearense de Automobilismo (FCA).

 

O Uso dos textos e fotos para uso em redes sociais, editorial deve ser feito mediante autorização e devida citação da fonte.
Texto: e Fotos Robério Lessa – @Carrosecorridas
 

Copyright© 2007-2018 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: