Adriano Joca é o vencedor da primeira etapa da F4 Light

31 de março de 2019

Pilotos durante o Briefing.

Por Robério Lessa – Nem a chuva conseguiu esfriar os ânimos dos pilotos da categoria F4 Light na abertura da temporada 2019 do Campeonato Cearense de Kart, disputada neste sábado (30), no Kartódromo Marcelino Thomaz, em Morada Nova.

A prova foi marcada por muitas disputas de posições, sobretudo nos blocos intermediários. A primeira bateria se deu com pista seca, mas a segunda corrida do dia aconteceu com pista molhada, ampliando o desafio que os competidores tiveram de enfrentar na pista cearense.

O clima nos boxes era de muita animação, sobretudo dos pilotos estreantes, como Elialdo Andrade, que após se encantar pelas disputas do Kart Indoor, decidiu ingressar nas competições oficiais e colocava seu kart número 18 na pole position das duas baterias do dia, um feito grandioso para quem chegou ali com o objetivo de aprender.

Boas disputas marcaram a corrida.

“Comecei a correr de kart ano passado no Kart Mônaco, enfrentando o desafio de correr na categoria Light. Foram oito etapas e, ao final terminei com o título. Paralelo a isso conheci novos amigos, o Lutianne, pessoa maravilhosa, coração gigante, pessoa que agradeço por ter feito o desafio de participar do Campeonato Cearense. Aí juntamente com o Kaká, meu mecânico, decidimos enfrentar o desafio e hoje estamos aqui com o intuito de aprender”, revelou Elialdo.

Mal sabia ele que parte desse aprendizado viria logo na primeira etapa da competição.
A categoria F4 Light tem mostrado um nível de competitividade absurdo nos últimos dois anos, e em 2019 parece não fugir disso, e Elialdo teve de se esforçar para conseguir o segundo lugar no pódio.

Piloto Elialdo Andrade.

“Consegui um bom lugar no Grid, na primeira bateria fiquei em terceiro. Na segunda com chuva, foi uma corrida diferente e muito gratificante na qual também terminei na terceira posição, e com a soma dos resultados saio daqui com ele pódio. Para mim foi uma grande surpresa, achava que dava pra ficar entre os 10. Só tenho a agradecer a todos, mais em especial ao Luti, responsável por eu estar aqui, ao Luiz Lacava por me levar ao Kart Indoor e a minha Família que me apoia bastante”, concluiu.

Se o P2 foi gratificante para Elialdo, O piloto que saiu mais feliz neste sábado (30), foi Adriano Jova.

Piloto Adriano Joca.

Em sua segunda temporada no Cearense de Kart, Adriano mostra mais maturidade e confirma o que se viu dele, sobretudo nas últimas etapas de 2018, quanto andou forte, brigou por vitórias e pelo título na F4 Light.
Piloto da Casa, Adriano faz parte de uma nova geração de competidores do Interior do Ceará, que viram no nascimento do kartódromo Marcelino Thomaz, a chance de competirem perto de casa e mostrarem a potencialidade de outro eixo no Kart Cearense.

Adriano foi um lutador nas duas corridas do dia e construiu seu resultado com muito esforço e habilidade e revela que seus amigos chegaram a dizer que ele deveria estar na categoria F4 e não na F4 Light, mas com pé no chão ele entende que ainda é cedo e que tudo vem com seu tempo.

Piloto Adriano Joca

“Ano passado, com os resultados que conseguimos, algumas pessoas me diziam que eu já estava pronto para mudar de categoria, caso conseguisse ficar entre os três primeiros. Eu entendi isso como um elogio, mas penso que teria de passar sim, mais um ano na Light, aprendendo ainda mais para poder dar esse salto na hora certa. Sinto-me um iniciante no kart e tenho muito que aprender ainda”, afirmou.

Na corrida, Adriano terminou as duas baterias na primeira posição, confirmando assim a vitória nesta rodada dupla.

“Sinto-me muito feliz. No meu segundo ano nessa família kart, esse momento pra mim está sendo muito gratificante por participar e pelo resultado terminando em primeiro nas duas baterias. Quero agradecer o apoio de todos e dizer que isso aumenta minha vontade de crescer dentro do kart. Ano passado passei por momentos com a morte da minha mãe, mas em 2019 estou firme e forte e vou atrás de ser campeão”, concluiu Joca.

Piloto Thiago Rosa

Na terceira colocação ficou o piloto Thiago Rosa, seguido por Aurelyano Rabelo, em quarto; Pedro Marcelo, em quinto; Ítalo Virgínio, em sexto; Carlos Eduardo, em sétimo; Mário Teles, em oitavo; Herbert Marques, em nono; Rick Barbosa, em décimo; Felipe Pedrosa, em décimo-primeiro e Clovis Rolim, em décimo-segundo.

A próxima etapa da competição acontece dia 27 de Abril, também em Morada Nova.

Confira o resultado final da primeira rodada dupla do Cearense de Kart:
01 Adriano Joca
02 Elialdo Andrade
03 Thiago Rosa
04 Aurelyano Rabelo
05 Pedro Marcelo
06 Italo Virgínio
07 Carlos Eduardo
08 Mário Teles
09 Herbert Marques
10 Rick Barbosa
11 Felipe Pedrosa
12 Clovis Rolim

Texto: e Fotos Robério Lessa
O Uso do texto e das fotos deve ser autorizado e seguido das fontes.

Copyright© 2007-2019 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: