Federação Cearense de Automobilismo declara apoio a regulamentação do off road recreativo no Ceará

2 de julho de 2019

Em Reunião realizada nesta terça-feira (02/07), a Federação Cearense de Automobilismo (FCA), entidade filiada à Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), confirmou apoio a FORCE, associação que encabeça um movimento em busca da regulamentação de passeios recreativos de forma consciente.

Participaram da reunião o presidente da Federação Cearense de Automobilismo Lutianne Soares, representantes da diretoria da FORCE, Giovani Morano, Lucinilton Telles, Claudio Holanda, além do diretor da Associação Cearense de Pilotos e Navegadores (ACPN) e comissário especial da FCA, Paulo Medina.

Na pauta da reunião, o consenso entre os participantes, o de que é necessário trabalhar em conjunto para conseguir somar esforços a fim de traçar metas que resultem na regulamentação da prática dos passeios recreativos, bem como na superação dos desafios enfrentados e a discussão de ideias em prol dos praticantes do off road no Ceará.

Segundo Lutianne Soares, a FCA tem todo o interesse em contribuir com o movimento, afinal, muitos dos pilotos e navegadores do Campeonato Cearense de Rally de Regularidade, que é homologado pela FCA, sendo este o maior do Brasil, também fazem parte de passeios off road no nosso estado com suas famílias, a FCA vê na FORCE um Clube capaz de disseminar boas práticas não só nas competições de off road, mas também com a realização de treinamentos e conscientização do público.

“O FORCE tem uma missão bem maior do que imagina ter. Não se trata somente da questão da prática off road, mas sim da postura do ser humano diante do veículo, diante do próximo, seu comportamento na trilha e fora dela, respeitando a propriedade privada por onde vai passar e preservando o meio ambiente. Não se trata apenas de pessoas andando de carro fora de estrada e a FCA enxerga com bons olhos essa parceria”, afirmou Lutianne.

Para o presidente da FORCE, Giovani Morano, a parceria com a FCA já era esperada, pois é natural o apoio da entidade que regulamenta o automobilismo a um grupo com forte ligação à competição fora de estrada.

“Esse é um alinhamento natural entre os ideais das entidades. No Sul do Brasil, os clubes de jipeiros são queridos por toda sociedade, por usarem seus veículos para fazer o bem e ajudar o próximo em momentos de crise, quando são acionados pelas entidades governamentais quando em alguns casos de calamidade (como são os casos das enchentes) para ajudarem na prestação de serviços à população, como transportar mantimentos, alimentos, desabrigados e mesmo ajudar a desatolar veículos em áreas de difícil acesso”, disse Giovani.

Para o diretor da FORCE, Telles, o desafio é grande e o apoio é importante. “Temos muitas ideias, avançado nas audiências na Assembleia Legislativa e conseguido apoio institucional. Estamos difundindo em diversos meios de comunicação as nossas ideias, que é a prática do off road de forma consciente. A regulamentação vem para o bem dos praticantes e para a sociedade como um todo. Quanto mais gente treinada e qualificada nas trilhas, são mais pessoas dando exemplo de preservação, gentileza ambiental e gentileza social”, salientou.

Outro diretor da Force que se manifestou foi Claudio Holanda, que destacou o contato com a FCA. “Esse pode ser um gatilho para uma serie de homologações em eventos recreativos de competição que envolve os proprietários de 4×4, o público é tão grande quanto à vontade de participar de competições, os benefícios de fazer de forma oficial e homologada são notáveis, e essa parceria com a FCA poderá ser de grande benefício para todos”, disse.

Paulo Medina, Diretor da ACPN, que realiza o maior campeonato de rally de regularidade do Brasil, vê na parceria o impulsionamentos de um movimento que resulte em um novo público para as competições de Rally.

“Todos nós queremos fazer as coisas da forma certa, e essa parceria vai ajudar ainda mais a conquistar um público consciente. Hoje, o CCR é formado por um público que além de competir nos eventos homologados pega seus carros 4×4 nos finais de semana pra passear com a família. Isso já virou programa da família cearense! Moramos em um estado tão rico com belezas naturais e isto pode ser regulamentado, com um norte, com bom senso, com respeito à natureza, aos pedestres, aos banhistas e principalmente ao próximo”, afirmou.

Foto: Arquivo Pessoal.

Tags: