Rafael Gurgel fica com a vitória na Graduado B

7 de outubro de 2019

Está no dicionário: O imponderável  é algo que ou aquilo que não pode ser calculado, nem previsto, mas cujo efeito pode ser determinante.  E, no último sábado (05), o imponderável foi decisivo para a conquista da vitória na quarta rodada dupla do Campeonato Cearense de Kart pelo piloto Rafael Gurgel (RG Construtora/Climoce/Personal Lucas Aguiar).

O competidor do kart número 72 entrou na pista do Kartódromo Marcelino Tomaz, em Morada Nova, sabendo que iria enfrentar um forte adversário na luta pelo lugar mais nobre da classificação na categoria Graduado B.

Embora seu desempenho mostrasse superioridade diante de inúmeros concorrentes da Graduado A, categoria a qual almeja subir, Rafael viu um igualmente forte adversário, o piloto Gabriel Souza.

Os dois impressionaram pelo que mostraram na pista, cabendo a Gabriel a vitória na primeira corrida do dia e a segunda colocação a Rafael. Na segunda corrida eles repetiram a ordem de chegada, mas aí entra o imponderável.

O kart número 27 estava sem o protetor de corrente, o que não é permitido, assim, após decisão dos comissários desportivos a vitória na segunda corrida do dia ficou com Rafael Gurgel. Como a segunda bateria serve para critério de desempate e os dois concorrentes ao título revezaram-se entre o P1 e o P2, coube a Rafael o direito ao lugar mais alto do pódio e a manutenção da liderança da Graduado B.

“Não sou eu quem faço as regras, mas competição tem dessas coisas. Posso ser eu quem fique em desvantagem caso algo ocorra em meu kart, hoje não foi. Na pista lutei muito e reconheço que o Gabriel andou forte demais. Agora vamos esperar a próxima rodada dupla para decidir o título lá. Quem ganhou com isso foi o público”, comentou.

Texto e Fotos: Robério Lessa.

Copyright© 2007-2019 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: